E vocês?? O que desejam para 2009?


Este é certamente o meu último post do ano. Não é que eu ache importante fazermos uma restrospectiva e/ou uma antevisão sempre que trocamos de ano, mas desta vez, alguns acontecimentos fizeram com que eu viesse aqui ejacular, escriticamente falando, sobre o assunto.

O ano de 2008 foi o ano, desde que me casei, em que menos fodi fora do casamento (e dentro acho que também). Deve ser provavelmente do passar dos anos, os quilinhos a mais, os cabelos brancos, as artroses, o Alzheimer, and so on, and so on. Apesar disso, sinto-me sexualmente realizado. Poucas, mas boas.O ano terminou em grande, pois tive o prazer de partilhar alguns momentos de devoração sexual com o melhor par de mamas sem silicone onde alguma vez pus a mão (mas isso são outras missas...).
No capítulo pessoal, o ano de 2008 trouxe-me alguma evolução cognitiva. Tive a oportunidade de me cultivar e penso que consegui aplicar esses conhecimentos ao dia a dia.
Na vertente profissional, não foi o ano da realização. Foi mais o ano das interrogações, dos problemas, e das grandes dúvidas. Perguntei-me muitas vezes durante o ano se não seria preferível para mim ter uma função com menores responsabilidades, e consequentemente com menor plano de remunerações, mas sem no entanto estar sujeito ao crivo das avaliações quantitativas, quando eu mesmo sou um discípulo das avaliações qualitativas.
Para 2009, apenas desejo que as acções da Brisa valorizem 1500%, e as do BCP pode ser só uns 500%. Espero em 2009 conhecer muita gente nova, criar laços de amizade com montes de gente, e acima de tudo, espero receber de todos aquilo que dou: empenho, disponibilidade, sinceridade e valorização. De uma coisa estou certo: I'll never walk alone.
No que toca ao blog, este mesmo, que começou por ser uma simples brincadeira, para 2009 já tem a imagem renovada. Tudo isto porque em 2009 quero começar a comer as gajas dos blogs (ok, não se assustem, estou só a brincar).
Aos bloggers que me acompanharam em 2008, um brinde ao companheirismo!

Não podia acabar este ano sem referir aqui que jamais seria quem sou sem a minha querida MULHER que me acompanha, que me mima, que me cuida, que atura as minhas birras, os meus momentos de bom e mau humor, e que ainda por cima tem a coragem de estar casada com um ser (eu) que come tudo o que mexe.

Para todos os bloggers e não bloggers, desejo um 2009 repleto de sexo, amizade, sexo, amor, sexo, paixão, sexo... e muita vontade e ambição!




FELIZ 2009 PARA TOLOS!

ups!!! queria dizer todos...

PS: e um enorme beijo nos lábios vaginais para todas aquelas que tiveram o prazer de foder comigo durante 2008, e gostaram. Para as que não gostaram vai um beijinho mais pequenino.

Piadas secas secas secas!

Aquele teu amigo é tão feio, e a mulher dele é tão gira - diz-me a Mulher

Sim, sem dúvida que preferia passar uma noite com ela vestida do que com ele todo nú!

QUE GRANDE PILHA DE MERDA NOJO!

Eu pensava que já tinha visto de tudo na vida...




... estava terrivelmente enganado.

Instrumento de sopro

Eu tinha os meus recém celebrados 18 anos. Tinha acabado a escola, e arranjei um emprego em part-time para complementar o que ganhava a jogar. Não era trabalho de sonho para ninguém, mas dava-me dinheiro extra para montes de coisas extra. Trabalhava comigo uma senhora, casada de fresco, com os seus 30 anos, cujo marido se encontrava a trabalhar no estrangeiro.
Sabem como é, conversa daqui e conversa dali, a coisa vai-se tornando mais íntima, mas eu, com os meus puros 18 aninhos, longe de mim pensar em saltar à espinha de uma gaja anilhada. Ela era uma depravada, tarada, e estava sempre a provocar-me e a desafiar-me. Claro que eu, dentro da minha inocência, corava e ficava envergonhadíssimo. Acho que era isso que lhe dava mais tesão para continuar.
Um belo dia ficamos ambos a trabalhar juntos até mais tarde, e aí a coisa complicou. Ela aproveitou-se para me "atacar" mais do que o costume, e entre avanços e recuos, lá me conseguiu a muito custo sacar um beijo (eu sei que nem parece meu). Não foi um beijo de lingua nem nada disso, foi apenas um envergonhado encontro de lábios.
Mas a coisa ficou no ar e no dia seguinte ela chamou-me discretamente a um canto e convidou-me a ir a casa dela no fim de semana. De inicio fiquei de pé atrás e disse que não. Mas depressa ultrapassei o facto de ela ser comprometida e resolvi arriscar. Antes de ela ir embora disse-lhe que ia, e consegui ver um sorriso estampado nos seus olhos.
À hora marcada lá estava eu a bater-lhe à porta. Subi uma escadaria em madeira, muito estreita, e enquanto subia não conseguia deixar de pensar que ia comer aquele pedaço de mau caminho que toda a empresa pensava em foder. Sentei-me num sofá de pele castanha e ela liga a televisão. Conversamos um pouco. Ela percebeu que não me sentia confortável na situação, e percebeu porquê! Explicou-me que o marido estava bem longe, e que não haveria a miníma hipótese de aparecer. A verdade é que estas suas explicações me fizeram sentir bem mais confortável. Ela chegou-se a mim, e concluiu a conversa dizendo que andava a sonhar comigo e que nada mais a importava a não ser eu. "Deixaria o meu marido por ti", disse-me com ar sério.
Terminadas estas palavras encosta-se a mim, e rouba-me um delicado beijo de lingua. Eu não me fiz rogado e estivemos ali um bom pedaço em beijos húmidos ao som do ranger da roupa na pele do sofá. Quando lhe tentei chegar ao orifício do prazer, descobri que estava com o período. Mas nada que fosse problema. Sacou-me o marsápio já duro das calças e começou a mamar nele como uma ninfa doida e sedenta. Mamou-o todo até à última gota, e eu ainda hoje recordo aquele que foi o meu primeiro broche completo. Com o meu saboroso leite a esvair-se pelos seus lábios e queixos, olhou-me nos olhos e disse-me que lhe ficava a dever uma. Enquanto trabalhamos juntos fodemos mais uma dúzia de vezes, até que ela se despediu e foi para junto do marido. Não sem antes darmos a foda da despedida.

São aventuras destas que nos fazem sentir de bem com a vida. E depois, quem me vai fazer acreditar que estou errado quando digo que recordar é viver...!!??

Moral

A moral no sexo não se trata de saber o que se faz, como se faz ou com quantas pessoas se faz. Trata-se sim de saber o respeito que depositamos em quem partilha essa intimidade connosco, e o empenho com que procuramos dar a esse parceiro o tão procurado prazer.

Isto é a verdadeira questão moral no sexo!

Sexo a 3?

Resultado da última votação (após 33 votos)

Eu e dois homens
33%
11

Eu e duas mulheres
24%
8

Eu e um casal
18%
6

Não
15%
5

Talvez
9%
3

pollcode.com free polls

Pelos vistos os meus leitores e as minhas leitoras andam mesmo viradas para os trios! ;-)

Tem-se o azar de!

People daqui do canto com menos respeito de toda a blogosfera, hoje resolvi, a exemplo do que é meu costume, desrespeitar algo ou alguém!

Para quem não sabe, mas deveria saber, eu sou um homem/rapaz quase sem escolaridade nenhuma, e cuja minha escrita nojenta é bem capaz de perturbar os egos mais cultos. Sim, aquelos egos daquelas pessoas que sabem realmente um pouco sobre tudo, e que sabem falar sobre tudo.

Sobre tudo não!! Sobre os assuntos de respeito! Sim, porque falar de sexo não é um assunto de respeito, e portanto não se pode falar com estas pessoas sobre sexo.

Cá eu adoro sexo. Adoro foder, fornicar, comer, pinar, stickar, enrabar, penetrar ... (and so on, and so on)

Este assunto vem a respeito (ups, falei em respeito), de um comentário que fiz num blog "de respeito". Eu nem nunca tinha visto tal blog, nem o seu conteúdo me interessava. Nem jamais interessará! No entanto, achei de interesse comentar com o meu tom hilariante (mas ignorante). No post combinava-se um lanche (sim, um lanche - coisa de miúdos??? pergunto eu!!), e em jeito de humor, como é meu habitual, eu digo qualquer coisa como : "dress code: sem roupa".

Bem, caiu-me mal que um dos autores do blog me pedisse respeito. Do alto da sua elevada sabedoria e formação social. Lamento não ter postura educativa para conseguir ter "respeito" nos meus comentários nos outros blogs.

Para mim, cada vez mais confirmo que bom humor é sinónimo de inteligência (cognitiva e emocional).

Este texto, não pretende de forma alguma desrespeitar ninguém, mas sim elucidar as pessoas para o desrespeito que pode partir da minha parte!

Prometo que me vou tentar cultivar! (com um tractor de frezas!)

Por vezes, tem-se o azar de nos cruzarmos de diversas formas com pessoas que nos ajudam a perceber o quão correctos/errados estamos!

VOU VER SE FODO E VOLTO JÁ. . .

Há alguém!

Pois é!! Parece que há alguém da minha terriolazinha que vem ver o meu blog todo o santo dia!

Isto será bom ou mau??? Hein?

Pinguei . . .

. . .de alegria!

X'mas - The "3" time


Mulher, o que gostavas que o Pai Natal te trouxesse?


E que tal, uma gaja toda boa para te aquecer a cama comigo?


E portanto se já andava mau engatar para um, nem quero imaginar o que seria fazê-lo para dois . . .

Aborrece!

Chateiam-me um bocado as pessoas que fazem e dizem as coisas no seguimento do que viram outras fazer ou dizer. Caralho, não é que a cópia me cause nojo, mas saber que alguém não tem ideias próprias e que portanto nos imita é um pouco, ..... diria que enjoativo.





Não quero claro, com esta conversa fazer-vos vomitar!





Mas enquanto bloggers concerteza não gostariam, por exemplo, que o vosso formato fosse utilizado. Ou os vossos textos plageados. Concertezam também não gostam de ver as vossas expressões na boca de outra pessoa.





Não é que tenha acontecido comigo, mas hoje estive a dar uma GRANDE volta pelos blogs e às vezes parecia que estava a ler duas vezes o mesmo texto em blogs diferentes, ou que estava a ver o mesmo blog com títulos diferentes.

No entretanto, e para fazer frente ao frio que se fez sentir aqui pelo Norte, eu e a Mulher passamos o fim de semana quase todo enfiados na cama. Resultado: tenho o pirilau todo dorido, e a Mulher já foi hoje de manhã à ginecologista para ver se o ardor na parreca era normal.

Por isso agora o meu apêndice vai entrar nuns dias de férias, que isto ainda tem de durar.

Mulheres ao p(h)oder!

Qualquer mulher tem o direito de mandar em mim enquanto fodemos, porque eu presto vassalagem a qualquer mulher que transborde sensualidade, até nos gestos que possam parecer mais grotescos.

(Photo by Baly @ olhares.com)

Ninguém coloque interrogações desnecessárias na perspectiva que eu tenho de que as mulheres são eroticamente e sensualmente mais desenvolvidas do que os homens. Nós homens temos a pornografia e a sexualidade que completa o vosso leque cognitivo.

Portanto, quem resiste a uma mulher sensual?

Minha resposta: nem as próprias mulheres!

Masterized record!

(Photo @ olhares.com)

Eu ainda sou do tempo em que a House Music era efectivamente House Music. Em que se saía à noite e se sentia a sensualidade nas pessoas, transpirada através da batidas de um ritmo House. House Music era sinónimo de glamour, de antiguidade moderna. Era a simbiose entre o ritmo e a mente. O som penetrava-nos os ouvidos e sentíamos que trazia "rythim & Soul". Energy & Destination. Trazia emoção!

Hoje pensava isto no carro enquanto ouvia na rádio um estúpido comentador apresentar música electrónica comercial como House Music.

"House music is something that chears you up when your feeling down!! Yes it is! And everybody releases joy on the dancefloor . . ."

Grütz Nashid Rah!

Fico realmente convencido de que Portugal já evoluíu quando leio na primeira página de um jornal qualquer coisa sobre "... a equipa de perícia cientifica da GNR...". Compreendo que quem está a ler este blog neste momento vai ficar mais surpreendido com o facto de eu ler jornais do que com a GNR ter uma equipa cientifica. Por acaso sou um ferveroso adepto da leitura de jornais. Dantes lia "O Crime", o "Tal&Qual" e o "SexyClub". Agora fico-me apenas pela secção (ou seção, segundo o famoso acordo luso-brasileiro) de necrologia do JN.

Mas, pergunto-me eu, e o que seria hoje da nossa vida sem o Google?

Nota do autor: hoje foi a primeira vez na história do blog em que escrevo um post deitadinho na minha cama. Apanhei a mulher a arranjar as pestanas na casa de banho, e aproveitei para efectivar este momento histórico. (pronto, já expliquei porque é que o post não faz sentido nenhum).

Red Red Red


Meninas...








.... acho que me está para vir o período...





















... doí-me a cabeça e ando mal humorado!

Podes afirmar que eu apenas me sinto bem a testar os limites da realidade.

Porque o que é bom repete-se sempre!

(photo by Nuno Monteiro @ Olhares.com)

Passados apenas alguns dias da maravilhosa queca com a Orgásmica, não resistimos e voltamo-nos a encontrar! Desta vez procuramos o conforto de uma cama! Mas tudo foi tão bom como na primeira vez. Fodemos até nos faltarem as forças. Chupei-a, masturbei-a, fodi-a, fui chupado, fui comido, enfim . . . foi um final de tarde em grande!

Já fazia bastante tempo que eu não fodia tanto!

Orgasmic

(Photo by Luis Mendonça @ Olhares.com)


Concerteza já aconteceu a todos vocês falarem com alguém pela primeira vez e sentirem que já conhecem (ou que já deviam conhecer) essa pessoa à anos. Foi o que aconteceu quando troquei as primeiras palavras com a Orgásmica. Quando a vi, confesso que fiquei logo tocado pelo rosto que detinha recortes de sensualidade, e cujo corpo bem trabalhado, deixando antever um belo par de mamas, era o complemento perfeito. Enfim, tudo em si me fez lembrar o que de melhor uma mulher pode ter.
Dos olhares às palavras, as coisas aconteceram com naturalidade. Estava-me a saber bem toda aquela conversa, a sua voz sedutora penetrava em mim e abalava todo o meu ser. A aliança na sua mão esquerda brilhava a cada posto de iluminação, e eu sentia que estavamos cada vez mais perto um do outro.

Como Charmoso que sou, as palavras foram fluindo com a amostra daquilo que sou. Sentia-me confortável, e sentia que ela já não conseguia disfarçar a vontade de ser tocada (talvez nem eu . . .)!

- Paramos para jantar num sitio discreto?
- Hmmm... local longe de olhares onde se pode jantar, só conheço um! (tentei eu com a minha cantiga de bandido gasta)

Não colou... e fomos seguindo viagem até pararmos num local onde luz ou gente não constavam. O carro descansava já encostado a uns arbustos, num posto onde ninguém nos poderia ver. Articulamos mais algumas palavras de conveniência até que fui forçado a aplicar a táctica do costume. Peguei na sua mão e desvendava as formas da sua aliança. Num gesto pouco cavalheiresco puxei-a para junto a mim, num só golpe, tentei chegar com os meus lábios aos seus.

A Orgásmica ainda resistiu uns segundos. Eu ainda resisti uns milisegundos. Até que finalmente os nossos lábios faziam prova da vontade que nos vinha a consumir. Os gestos provocantes, excitantes, sensuais continuaram... Ela ergue-se e vem-se sentar no meu colo, colo esse que escondia o meu pau já erecto, doido por sair da clausura a que estava sujeito por baixo dos botões daquelas calças. Gostei de ver que ela não se fez de rogada, e que coçou o seu sexo, no meu, ainda com a roupa a servir de fronteira entre tesão e prazer! Catapultamo-nos um ao outro com loucura para o banco de trás, e continuamos entre carícias e braços, mãos indiscretas e linguas entrelaçadas. De repente ela pára para me dar um recado:

- Charmoso, beijas incrivelmente bem!

- Jura!!

- Juro... acumulas um calor incomum nesta zona (diz ela enquanto me toca os lábios superiores), o que faz com que os teus beijos transmitam algo indescritível (foi a melhor descrição que alguma vez ouvi).

E sem me dar mais tempo para conversas, tira as suas calças, baixa as minhas e coloca a mão no meu já enlouquecido dardo! Sentada em cima de mim, acabamos por foder de todas as formas, cores e feitios. Ela veio-se ... sei lá... cinco... seis vezes... mais talvez... perdi a conta! A cada stickada que dava naquela húmida e apertada cona, sentia cada vez mais tesão, e não queria que aquela foda acaba-se nunca! Ela sussurrava-me "mete-o todo!", seguido de um entesoado "mas que grande piça tu tens!", e eu ganhava mais e mais forças para a comer todinha!
Quando finalmente me estava quase a vir, retirei o dardo de dentro dela, banhando o seu rosto, língua e lábios com o meu abundante leite! Que bem que lhe ficava o meu sémen a escorrer pelo queixo!

Abraçamo-nos como dois amantes esfalfados pelo dispendio de energia causado pelo sexo, e fitamos as estrelas:

- O ceú hoje está lindíssimo! Tão estrelado . . . (disse eu)

- Sabes Charmoso, é incrível como em tão poucas horas que te conheço, consigo sentir tanta confiança em ti.

- É um padrão, e chama-se charme... (disse eu soltando um pequeno mas maroto sorriso - e pensando para mim: se soubesses que me apelido a mim mesmo de Charmoso!!)

Bem, e com a escrita desta minha aventura, já estou novamente de pau feito, só de me lembrar!

Vou ali exercitar os punhos e já volto . . .

Ednaldo - O Grande!

Enfim!!! Começo a ficar com a sensação de que esta região brasileira deve ter alguma nascente de coisas más!




Este Ednaldo soa-me a castigo!

Algo (i)mocional!

Não sou o Sr. Sabonete! Também sou capaz de esfregar no corpo de toda a gente, tal como o Sabonete. Mas o sabonete gasta-se e eu revitalizo!




Soap Me!


Photo by Joice Bispo @ Olhares.com

Ezequiel 25:17

"O caminho do homem justo é rodeado por todos os lados pelas injustiças dos egoístas e pela tirania dos homens de mal. Abençoado é aquele que, em nome da caridade e da boa-vontade pastoreia os fracos pelo vale da escuridão, para quem ele é verdadeiramente seu irmão protetor, e aquele que encontra suas crianças perdidas. E Eu atacarei, com grande vingança e raiva furiosa àqueles que tentam envenenar e destruir meus irmãos. E você saberá: chamo-me o Senhor quando minha vingança cair sobre você".

Desafio da I Just Can't Get Enough

Acho que já respondi a uma coisa parecida, mas neste tipo de respostas, o tempo tudo muda.

5 filmes!

1º BEST OF ALL TIMES
Balas e Bolinhos 2



2º Braveheart




3º The Doors - O Mito de Uma Geração




(não é fácil, um filme tem de ter algo que me marque, e os três de cima têem)
Zona J




5º Pulp Fiction



5 músicas

Guns N'Roses - Patience




The Doors - Love Street




Scooter - Nessaja




Queen - Bohemian Rhapsody




Placebo - The Bitter End




5 Bandas ou Intérpretes

U2
Guns N'Roses
Red Hot Chilly Peppers
Rui Veloso
DJ Rui da Silva

Orgasmic

(photo by Marta Ferreira @ Olhares.com)


Tens uns orgasmos tão . . . tranquilos!



Ah, isso é porque eu ainda sou parente do Paulo Bento! Tranquilidade, tás a ver . . .

Desafio - Texto IV

"A investida como um trovão subterrâneo! Imediatamente a seguir, um violento choque pôe abaixo a maior parte do ser. Nos primeiros sessenta segundos após esse torpor quase mil almas nossas já haviam perecido.
O Corpo primeiro recua, perante a investida e em seguida, avança de repente, elevando-se acima de tudo o que é um nível costumeiro e humanamente possivel. Tragando tudo o que encontrava pela frente. Extasiados, os corpos humecidos, ao invés de sucumbirem ao desgaste, envolvem-se frenéticamente como um só, Unos, como um atomo em fusão, em movimentos sincopados explodem em mil fotões de cor e em plena harmonia"


Desafio - Texto III


"Toca-me

Deixa o meu corpo nadar nas linhas da tua mão.

Deixa que te levem ao destino traçado.

Deixa que o meu corpo seja a continuação do teu.

Toca-me

Fecha-me os olhos para que apenas te sinta.

Fecha os olhos e imagina um mundo só nosso.

Onde o meu corpo e a minha alma cabem nas palmas das tuas mãos."

Qual o tamanho da pila do Charmoso?

Inferior a 10 cm
20%
10

Entre 10 e 15 cm
16%
8

Entre 15 e 18 cm
36%
18

Entre 18 e 20 cm
12%
6

Entre 20 e 22 cm
6%
3

Entre 23 e 25 cm
10%
5

Entre 25 e 30 cm
0%
0

Acima de 30 cm
0%
0


50 votes total

Não é que este assunto se revista, para mim, de especial importância. De facto sou um adepto da antiga e famosa teoria de que o tamanho para nada conta na hora de dar prazer, mas sim aquilo que se consegue fazer o outro sentir. Portanto há quem com uma pequena amostra consiga fazer muito mais do que outros com grandes dardos adubados.

Mas caramba, não precisavam de ter sido tão redutoras . . .

Paixão vs. Amor

O que é afinal a paixão, e o que é então o amor? Hoje debati-me horas a fio, enquanto avançava alguns metros no mais profundo da minha própria mente. Estava a tentar definir na exactidão ambos os sentimentos. E a resolução do meu problema começou mesmo por aí! A paixão e o amor não são ambos sentimentos. A paixão é uma emoção, composta por outras emoções. As emoções são como as cores, há as emoções básicas e as restantes misturam-se, originando emoções compostas. A paixão é uma emoção composta. Tem a intensidade e a brevidade que a impede de ser um sentimento. Hummm, pensava eu então, e o Amor? Emoção ou sentimento?
O amor é sentimento, sem dúvida, porque apesar de ter uma intensidade menor, dura no tempo. O amor é a consolidação, a certeza, a durabilidade!

E que seria de nós sem o amor?

Desafio - Texto II

(Photo by: Duarte S, in Olhares.com)




"Uma queca consigo Charming seria algo descomunal.
Para começar existe a enorme que tesão que sinto por Ti desde que comecei a ler o teu blog…depois a tesão que Homens com a masculinidade que aparentas ter me despertam..
Não gostaria de fazer “amor” nem nada disso…gostava de uma verdadeira queca…daquelas memoráveis!

Imagino-me a beber um café contigo e começar a roçar a minha perna na tua debaixo da mesa. Imagino o desejo que já sentiria nessa altura. Imagino aproximar-me do teu ouvido e sussurrar-te para que me levasses dali e me fodesses.
Imagino-me sentada ao teu lado no carro enquanto conduzias…tu vestido de forma casual e eu também…talvez com uma saia e uma lingerie provocante por baixo. Imagino-me a colocar a mão sobre a tua berguilha e tentar perceber o que está por baixo…desaperta-la e ao tirar o teu pénis para fora ficar molhada só de pensar como seria te-lo dentro de mim. Debruçar-me sobre o teu colo e começar por lamber-te a cabecinha e colocar o teu pau na boca para senti-lo ficar bem duro dentro dela. Enquanto já encostavas o carro num qualquer sitio, eu chupava o teu pau e colocava a tua mão na minha cabeça para que controlasses o movimento. Pedia-te para irmos para um qualquer hotel mas não sem antes deixar que sentisses com os dedos como estou húmida.


Continua…."

Um dia havia de ser...




...e foi hoje!


Ao empenho para a seduzir, juntou-se a crecente vontade de a possuir! E quando as coisas são intensamente desejadas, o prazer só pode ser desmedido.



E o tempo já justificava que eu voltasse "ao activo".

Desafio - Texto I

(Photo by: AoLuar in Olhares.com)





"Fazer amor contigo
É gemer ao toque das tuas mãos,
Ver teu corpo e sentir o prazer na carne
Subir pelas paredes e descansar nas nuvens.
Fazer amor contigo
É ser prisioneira das tuas fantasias e ter poder sobre teu corpo
Ser acariciada com teu olhar, paixão e desejo.
É ser tua como nenhuma outra foi.
Fazer amor contigo, é sentir desejo pela pele, pelas mãos, pela tua respiração
É saciar minha língua, entrelaçando com a tua
Fazer amor contigo
É ser tocada pela tua presença
É me alimentar de ti."

Aqui entre nós!

És gelo!




Que me recobre e domina suavizando o calor que transpiro!

It's the inside that counts!

Sinto-me imensamente despido quando alguém me expõe por dentro! Já alguma vez pensaram nisto? Pois é! Para mim, aquilo que mostramos por fora, está acessível a todos, e só não o vê quem não quer. Mas é o que temos cá dentro, a nossa sabedoria, os nossos sentimentos, os nossos segredos, pensamentos e mais profundos medos que devemos mesmo preservar. Esta é a parte de nós que só mostramos a quem o merece. Esta é a parte mais íntima de nós.
E se de repente alguém me colocasse a nú? Alguém falasse dos meus medos, pensamentos e sentimentos?

Mais nú não me poderia sentir!

E se eu vos desafiasse a . . .

 . . . anonimamente!

 . . . sensualmente!

 . . . descreverem como imaginam uma queca com o Charmoso!

 . . . Aceitam o desafio? 

Aguardo pelas respostas no e-mail!

Sinto que...

... me estou a reconstruir!

Brick by brick!

Restrição territoreal masculina!

Bem, se há coisa que me enoja é a atitude que certos homens têem quando detectam alguém a olhar para as suas parceiras. Eu pessoalmente, quando vejo alguém a olhar para a Mulher ou para a minha companhia feminina, só me dá para pensar: "... é boa não é pah! Tens de batalhar para arranjar uma assim!", e não me sinto minimamente perturbado com os olhares indiscretos. Se ando na rua com uma mulher bonita/atraente já sei que estou sujeito a captar atenção de outras pessoas.

Mas outros há que, quando vêem um ser do mesmo sexo a olhar para os seus parceiros, se agarram a eles aos beijos e abraços, como se olhar fosse comer alguma coisa. Repugna-me esta atitude!

E vocês, como reagem a esta situação?

O meu portátil é que é!!!!

Levou com o despejo integral de uma garrafa de água e ao fim de três dias ainda está aqui a funcionar. Se for contabilizar também os "malhos", e outras merdas que tais, tenho-vos a comunicar que não vendo esta relíquia por preço algum!

É um portátil quase tão bom como o dono!

Memories of a porno mind!

Fui ver um filme chamado Mamma Mia. No final dirigi-me calmamente às bilheteiras e exigi o meu dinheiro de volta!

No filme não há nenhuma Mia! E muito menos alguma que mamma!!

Burlões... humpft!

Quecas Mágicas

A visão masculina de um tema que tem percorrido diversos blogs. Toda a verdade que as mulheres nunca ousaram saber.

Ora, muito sangue se tem derramado por esses blogs fora sobre o assunto. Eu li, re-li, e entendi que deveria dar a minha contribuição acerca de um tema que apenas tem sido desenvolvido pelas mulheres (pudera!!!). Está a ser levantada uma falsa questão, e a dignidade dos homens está a ser colocada em questão.

Urge, em primeira mão, e para quem não sabe, definir Queca Mágica. Segundo as estudiosas do assunto, uma Queca Mágica (blhac - só o nome dado à questão enoja), é aquele tipo de quecas onde o homem anda todo entusiasmado antes de comer a gaja, e depois de lhe saltar ao marmelo, desaparece como D. Sebastião em dia de nevoeiro.

Meninas! Leiam bem porque só vou escrever isto uma vez: os homens estão geneticamente programados para foder. Alguns, como eu, têem um grave erro de programação ao nível do curcuito 37 da placa de alimentação do modem de rede interno, que faz activar o cérebro em situações de alarme, o que faz com que a programação implique foder, mas desta feita com o maior número de parceiras possíveis!

Qualquer mulher inteligente sabe que os homens têem uma enorme tendência a pensar com a cabeça de baixo, e portanto passo a explicar-vos o porquê de as Quecas Mágicas acontecerem nestes moldes.

Vamos começar pelo antes. Um homem vê uma mulher e sente-se atraído. Mete conversa, todo simpático, saca-lhe o número de telemóvel. Mandas umas mensagens todas ternurentas, uns convites mais que atrevidos, e eis que pimba, passados dias estão encaixados que nem uma luva, a foder que nem coelhos, e a fomentar os lucros da indústria petrolífera e dos preservativos, além de estarem a contribuir para o aquecimento global! Finda a queca, o gajo começa com as suas dúvida. Sim, porque para quem não sabe os gajos são piores que as gajas! É só dúvidas!

Vai então que os gajos começam logo a pensar no significado da queca e tudo mais, e começam a assustar-se e a interrogar-se sobre os malefícios e/ou benefícios de prlongar a queca.
Sendo que o pânico toma conta dos neurónios do gajo, ele, como método de defesa, ignora a sua parceira. Se a parceira insistir, corre o sério risco de ele pensar que ela o quer montar mais e mais e mais, até ele parecer um etíope esfomeada. Depois elas queixam-se e vêem dizer: ah e tal eu só queria ser amiga dele. Amiga o caralho. Os homens não têem amigas. Têem gajas que fodem ou não têem nada.

E pronto! Perceberam agora porque é que os homens vos ignoram? Ignoram porque vocês usam esse termo complexo chamado amizade! Isso assusta e repulsa qualquer homem da vossa beira!

Vá meninas, sejam umas cabritinhas e fodam para a frente!

The Gift

- E se eu mostrasse uma foto do "Little Charming" a dormir?

- Acho que as tuas leitoras iam gostar mais de o ver acordado!

- Pois, mas isso é um presente pelo qual as pessoas têem de trabalhar...
Wanna wake him??

Vz

Thanks...

Se as pessoas gostam assim, assim é que está bem!

Obrigado.

Uma questão de pêlo

Humbert Humbert descreve na sua autobiografia escrita na prisão em 1942, publicada em Portugal sob o título "Lolita", como se excitava ao vislumbrar por debaixo dos sovacos nas suas "ninfitas" (o termo por ele utilizado é mesmo ninfitas, não há engano), uma pequena porção de pêlo! Ora isto soa-me tanto a depravado como a desactualizado.

Não fosse a Gata, e o Charmoso ainda andaria de pêlo, vulgo mato, na púbis. Efectivamente o corte, desbaste ou simplesmente aparo dos pêlos é uma técnica que para além de nos permitir uma maior higiene, permite ao parceiro evitar incómodos "cuspir de pêlos". Além disso, para nós homens, tem a vantagem de dar uma perspectiva de um pénis maior e mais apetecível.

Eu inicialmente comecei por aparar, e hoje em dia sou adepto da chamada carecada em quase todas as regiões do corpo.

E vocês? Vocês comem-se com pêlo ou sem pêlo?

Sexo mecânico!

Dei por mim hoje a pensar como será o sexo com recurso à prostituição! Não tenho nada contra as "putas", nem nada que se pareça, mas a pensar nessa situação deixa-me um pouco intimidado!

Já frequentei por três ou quatro vezes casas de "strip", onde havia mulheres disponíveis que se sentavam junto a nós a conversar e a tentar sacar uns copos ou umas quecas! Fui a essas casas com amigos, para beber um copo e divertir-me um pouco, nunca tendo concretizado a queca, nem tão pouco pago copos (não sou pai de ninguém)!

No entanto, o que eu imagino da situação é que o sexo pago é provavelmente sexo mecanizado! Do tipo tira a roupa e fode. E a gaja a fazer de conta que geme e a fingir da pior maneira possível que se vem!

Por imaginar assim a situação tenho quase a certeza (claro que não posso dizer desta água não beberei), que dificilmente irei recorrer a uma prostituta seja em que situação for! Para mim, sem a chamada "quimica" o sexo não funciona!

E vocês? Que opinião têem do assunto?

Age speed!

À medida que a idade avança vou percebendo que no sexo o mais importante é tudo aquilo que se passa antes dos preliminares!

What about it?

A vida não faz sentido.

Como diria alguém: "C'est pas grave!"

Em cinco segundos vi toda a minha vida passar-me diante dos olhos.

E agora?

Fases!

Ando numa fase em que conhecer alguém arrebatadoramente novo me iria revitalizar!

É a minha necessidade de novidade a vir ao de cima!

Dolce Portogallo!

Ainda com tenra idade, mas já com bastante experiência sexual, rumei a Itália. Fui para jogar e também para tirar um cursozito qualquer da treta. Quer uma coisa quer outra ficaram pela metade, mas posso-vos garantir que foi das experiências mais enriquecedoras que já tive. O povo italiano está, no que a sexo, sedução e prazer diz respeito, muito à frente de qualquer outro povo.

Lembrei-me hoje dos tempos que lá passei. Até que não comi muita gaja, mas o pouco foi bom. Claro que como em tudo na vida, há sempre alguém que acaba por deixar saudades, e poderia já enumerar uma pessoa que me marcou bastante.

Lá aprendi muito no que a "imagem" diz respeito. Esta é o nosso cartão de visita em todas as ocasiões, e temos portanto de preservá-la. Aprendi o conceito de depilação masculina que só à pouco tempo tive coragem de aplicar, e aprendi também a utilizar cremes e tratamentos para a pele.

Estive no norte, a cerca de 30km de Milão, e já com viagem de regresso marcada, resolvi visitar dois dos maiores símbolos do romantismo. Meti-me no comboio e pisei Veneza, uma cidade lindíssima, muito mais excitante ao vivo do que na TV. No regresso passei em Verona, terra de Romeu e Julieta. Apesar disto, acho que as italianas não são de muitos romantismos. Sexo é sexo. O amor só vem prejudicar o sexo. Claro que não era preciso ir a Itália para descobrir isso.

Resultado da Votação

Ja fizeste sexo em locais publicos?

Ja e adorei
75%
56 votos


Estou ansioso por experimentar
16%
12 votos

Nao teria coragem
4%
3 votos

Meu Deus e se sou apanhado?
4%
3 votos

Isso é muita depravassão
1%
1 voto

Já e detestei
0%
0 votos


75 votos no total

Cof cof cof... o autor deste blog reserva-se ao direito de não fazer comentários acerca dos malucos e das malucas que visitam este blog.

Chega aonde tu quiseres . . .


... mas GOZA bem a tua rota!

Bom amigo! Mau amigo!

Agendei um post para a exacta hora quem que se casa o meu melhor amigo!

O post é curto mas é só para dizer o que me vai na alma!

Rapaz! Apesar de todos os meus avisos tu a esta hora estás mesmo a cair no abismo! Como teu amigo fartei-me de te avisar de todos os pontos negativos, e um ou dois pontos positivos, que o casamento trazem anexados. A decisão foi tua! Não venhas depois chorar no meu ombro, que eu sou demasiado alto para me chegares aos ombros!

Tenho dito! :-)

Chupa chupa!

Sabem o que é um Fá???? Quem se lembra dos famosos Fá’s??? Agora há uma versão moderna, mas ainda me lembro de, nos intervalos das aulas, ir com as miúdas comprar Fá’s, e deleitar-me em vê-las a chupar aquilo!

Sandstorm!!!!

Quem tem o verdadeiro prazer de privar comigo, sabe com toda a certeza qual é a minha grande e verdadeira paixão: a água! (cof cof, como quem diz, porque para beber até dispenso bem). Ora, tendo em conta este meu único e verdadeiro amor, ficaria-me mal, minhas tesudas e taradinhas leitoras (e leitores ansiosos de novas tácticas de engate, também), nunca ter metido água no meio das minhas quecas. Bem, eu por acaso até já estive em algumas situações que meteram água, ou seja, que acabaram em merda, mas não é a essas que me refiro. Também, para tristeza vossa, fiquem a saber que nunca fodi na água, nem do mar nem da piscina. Mas juro-vos que não morro sem experimentar.

Refiro-me a muitas e boas quecas dadas à beira mar, bem na areia, apenas com a luz da lua a iluminar os corpos bronzeados. Claro que esta situação envolve sempre riscos e há sempre cuidados importantes a ter. O mais importante cuidado é com a areia. Meninos, certamente que não querem ouvir a vossa parceira a gemer de dor em vez de prazer!! Para isso basta que tenham cuidado com as mãos. Não transportem areia para o túnel do amor das vossas queridas, porque senão arriscam-se a acabar a queca numa marquesa de um qualquer hospital. Ao colocarem o preservativo, redobrem a atenção, bastará um grão mal colocado, para que ao fim de 9 meses tenham um fardo bem pesado para transportar!

Uma ocasião, tinha eu os meus longínquos 18 anos, aprendi os malefícios da areia da praia no sexo, da pior forma. Pois… adivinharam… consegui por uma miúda a berrar mais do que com sexo anal sem lubrificante! Desde esse dia, todo o cuidado é pouco, quando se trata da pombinha das minhas meninas!

Contudo, em minha opinião, a situação preenche, é estimulante e aquando da companhia certa pode ser uma das mais maravilhosas experiências românticas que se pode ter. Se tiverem condições para isso, juntem uma garrafa de champanhe, uma mantinha a passem a noite embrulhados. Verificarão que se vão sentir preenchidos e com vontade de repetir!

Bem, agora vou aproveitar o calor, o Sol, as emigrantes com a cona aos saltos, as portuguesas cada dia mais boas, e vou ver se alguma me ampara na sua toalhinha e me dá umas lições sobre anatomia genital!

É que não há nada melhor no mundo do que aprender ;-)

Momento Cultural - Verão de 2008


O título do livro deste "colega" algarvio é uma ofensa para mim.
Então e eu?? Não conto????

Pensamentos

Charmoso, gosto de ti, pah!

Oh, não digas isso, assim vou ficar a pensar coisas erradas.

Não pensas nada.

Já pensei . . .

Challenge!

Desafiado pela 2-cute-4-you (confesso que estava mortinha que ela me desafiasse para estas e outras coisas), aqui vai o meu contributo:

Música Favorita:







Frase Favorita:

"Don't let yourself in flames... not again"

Definir-me em seis palavras:

Desafio as minhas sedutoras leitoras a responderem a esta última parte do desafio por mim. Aceitam?

Mágico . . .

Foto por Mico @ Olhares




ADIVINHO DOS NÚMEROS


... ou nem tanto. Eu já percebi o truque, simples e eficaz. Mas este teste tem deixado muita gente a pensar que afinal a magia existe mesmo!

As "boca-mole"

Não podia deixar de dar a minha opinião sobre este assunto. É um tema que para mim se reveste de vital importância porque, eu por exemplo, considero um factor decisivo aquando da escolha de com quem ter ou não um caso. Mas o que caralho é uma gaja "boca-mole"? Não! Não é uma gaja que gosta de chuchar em pilinhas murchinhas. Uma "boca-mole" é uma gaja que na primeira oportunidade que tem descarrega toda a informação a tudo e todos. Este é o tipo de mulher que eu mais abomino, porque saber comer e calar é uma virtude.
Penso que este tipo de mulher, gosta de contar em pormenores tudo o que lhe aconteceu, e neste caso específico refiro-me a situações sexuais, com o objectivo de se auto-promover. Tudo feito para uma promoção pessoal irreal, pois acabam por ser as patetas de serviço e tenho a certeza que acabam por perder mais do que aquilo que ganham ( in every fuckin ways)!

Pois se há coisa que eu respeito e valorizo é a discrição das relações. Coisa que eu tanto faço por garantir para os outros na mesma medida com que exijo para mim mesmo. Saber viver, é um dom, e isso passa por ter o máximo cuidado na transmissão de informações que possam eventualmente prejudicar terceiros, ainda que nós mesmo possamos ficar bem na fotografia.

Não acham que o segredo ainda continua a ser a alma do negócio? Não partilham a opinião de que as coisas ficam muito mais bem guardadas se mantidas no segredo das nossas próprias recordações? É certo de que a situação se pode aplicar para ambos os sexos, e que os homens no que toca a pavoniar-se até são mais indiscretos do que as mulheres. É um facto. Contudo eu já me cruzei na vida com algumas "boca-mole", infelizmente, que já me provocaram grandes problemas pela sua indiscrição.

É tudo uma questão de bom senso e de saber viver!

The truck track . . .

Foto por Pedro Gomo @ Olhares.com


Pois já sei que ninguém vai perceber o que a imagem de um camião aí de 1737 está a fazer no blog de um gajo que tem a mania que é engatatão. Mas tem um significado, claro que tem, e vocês, como atentos leitores que são, vão desbravar já todo o blog a tentar encontrar significados (como se vocês fossem tolinhos a esse ponto...)!

E com esta imagem vos deixo, numa altura em que este blog entra assumidamente na sua pior fase, voltando eu sempre que os meus dois neurónios se resolverem a sair da preguiça.

Um abraço a todos.

"Dead End!"

Foto por: Mário Moura (olhares.com)

Pensava que ia ter dificuldade em lidar comigo mesmo, mas com facilidade venci a minha própria vontade! Mais uma vez! Consegui! Desta vez foi mais complicado, mas afinal a paixão não existe. Reafirmo-o, e assino com assinatura reconhecida pelo notário!

Bom fim de semana! Vou comemorar o regresso do meu pior EU, da melhor forma!

Humpft!

Este blog anda uma valente MERDA!
ass: o dono

O prometido é devido....

Ei-la...






























































(this image may take about 137 days to upload in cause of it's extra-large size)
Espero que gostem. . .
Já agora fiquem com este presente. Um pau deste dava tanta lenha para a minha fogueira...

Vocês prometem?

Se eu postar aqui uma foto do meu piço vocês prometem que largam ao menos o monitor para se alimentarem?

Prometem?

Uma imagem vale mais que mil palavras!


E duas imagens? Será que valem mais que duas mil palavras?



Espero que tenhas gostado tanto quanto eu...

Resultados da votação!

Gostas de saborear o esperma?

Sim----------------------------------------45%----------------------36votos

Nao---------------------------------------- 34%-----------------------27votos

Nao posso responder, pois nunca provei-----21%-----------------------17votos

TOTAL DE 80 VOTOS

pollcode.com free polls


Nada como provar para saber, meninas e meninos...

O factor

NOTA IMPORTANTE: Antes de começar a delapidar o tema, quero esclarecer os caríssimos leitores de que este post vem no seguimento de um artigo publicado numa revista feminina, "Vogue", e que a Mulher garante ser a bíblia de qualquer mulher moderna, pelo que escusam de começar já a chamar-me machista!

Bem, eu juro que estava sentadinho, quietinho, e sem um ar machista (acho até que estava com cara de gaja). Estava á espera de poder ser consultado, quando pego numa revista feminina. Eu gosto de ler revistas femininas porque o conteúdo é sempre engraçado e sempre radicalmente feminista, e portanto eu rio-me às gargalhadas. Começo então cuidadosamente a desfolhar página após página (até cruzei as pernas como as gajas, para não parecer machista) e eis que paro numa reportagem alargada com o título: Porque é que as mulheres trocam os homens! Ora, eu, como gosto sempre de estar informado, iniciei logo a leitura com o modo Total Concentration ligado. Começo a ler e bah, só tretas, e mais tretas, que até já nem me lembro bem. Conversas de gaja, claro... Até que chego a um dos motivos para as mulheres abandonarem os homens (que coitados normalmente ficam caídinhos em lágrimas) que diz qualquer coisa como: porque encontraram um homem melhor! E qual o conceito de homem melhor??? Mais musculado?? Com uns olhos mais bonitos? Com um cabelo mais solto? Com uns ombros mais largos? Com uns abdominais de fazer inveja? Com umas pernas suculentamente apetitosas? Com uma inteligência fora do comum. Divertido? Simpático? (acho que esgotei todas as hipóteses). Pois errei em todas. Segundo esta revista, a tal bíblia do sexo feminino, um homem melhor é aquele que em vez de levar a sua bela Namorada/Mulher ao MacDonald's, a leva à Marisqueira! Em vez de a passear de Fiat, a transporta num majestoso Jaguar, que em vez de morar num bairro da Ribeira, vive num condomínio fechado da Foz! Sim, leram bem... Eu não pude crer no que estava a ler, e não fosse haver mais gente na sala, eu terme-ia atirado para o chão e escacado a rir!Ou seja, resumidamente, um homem melhor é aquele que tem mais poder económico para satisfazer os caprichos do seu par, e isso é inclusivé motivo de troca! E eu que pensava que as mulheres jamais o iriam admitir!

Nem de propósito! Já fazia muito tempo que fazia intenções de escrever aqui sobre esse assunto, porque, muito embora discorde da forma radical como a revista descreve a situação, também concordo que para todas as relações as mulheres avaliam consciente ou inconscientemente o Factor €. Mas coitadas das meninas... nem são culpadas de tal! Vejamos que desde a nascença as mulheres são incutidas num espírito de mundo cor-de-rosa, princípes e princesas, reis e rainhas, etc... Crescem com esse peso cultural, e depois avaliam, inconscientemente, as suas relações também pelo peso da carteira do seu parceiro...

Eu pessoalmente nunca dei grande importância a esse factor, mas gostava de ouvir a vossa opinião!

E não me chamem machista!

Sexo desconexo...

"Charmoso, sempre me abordaste para sexo. Tu és muito mais que isso, e eu quero essa outra parte de ti, não esse tarado que só me procura para sexo!"

"Tens um grande problema em lidar com mulheres apaixonadas. Aposto que foges de uma mulher, ao minímo sinal de paixão..."

"Simplesmente não compreendes o sentimento... Não atinges que aquilo que sinto por ti mexe comigo e com a minha vida. Não sabes o que é a paixão, e nunca saberás...!"

" És basicamente o homem errado para alguém se apaixonar! Infelizmente isso aconteceu comigo"

Eu estou ainda à espera que aparece uma só mulher que me prove que entre um homem e uma mulher há muito mais do que sexo...

Momento cultural!

Eu sei que vocês percebem tudo sem as legendas, mas ainda assim, eu por cautela preferi postar um vídeo legendado, só para o caso!




É por causa de gajas como a deste videoclip que eu sou a favor das sociedades multiculturais...

Os homens somam e as mulheres subtraem!

No sexo é assim!

Os homens, por muito que não queiram, acabam sempre por contabilizar todas as quecas que deram. As importantes, as menos importantes, as ocasionais, as meias fodas, enfim, tudo conta! Tudo isto em prol de engordar um número, que deveria à partida impressionar!

Já as mulheres, essas marotas, acabam sempre por eliminar das contas todas as quecas que não corresponderam a relacionamentos mais ou menos prolongados, as quecas mal dadas, e as meias fodas. Tudo isto com o simples objectivo de parecerem o mais puritanas possíveis (e eu até compreendo, tendo em conta que é uma forma de contornar os preconceitos da sociedade).

Mas, estava hoje aqui eu a pensar... E como será este comportamento nos homossexuais?

Quem espera . . .

- Charmoso, e esse convite, não vem????!! Não estás à espera que te remeta um convite todo formal, pois não?

Não, eu estava era à espera que tivesses dito a mesma coisa relativamente ao pedido de candidatas, uns posts atrás!

Novidades!

Caríssimas leitoras e leitores sedentos de diversidade contextual, preferencialmente de índole pornográfica. Passo a informar que a partir desta data, este blog rico em conteúdos de interesse educativo geral passa a ter mais uma funcionalidade.

Antes de continuar, quero desde já agradecer aqui à malta, porque no primeiro dia de inscrição no blogómetro, o Palavras Sensuais ocupa já a 275ª posição, de entre mais de 4000 blogs. Aplausos para todos os que me lêem e para mim. Para as que sonham vir a ter uma "Charming Experience", uma palavra (sensual) de incentivo, porque quem espera desespera (mas sempre alcança)!

Continuando com o conteúdo do post, a partir de hoje o Palavras Sensuais, passa a dispor de um blog geminado, o PALAVRAS SENSUAIS - PRIVATE LABEL'S, uma página cuja visita só estará autorizada a um restrito grupo de pessoas, ou seja, a verdadeira prenda para as verdadeiras fãs!
A partir de hoje, o e-mail do Hotmail (Messenger incluído) passam ao estado inactivo, e o e-mail que deverão utilizar para me contactar é o palavrasensuais@gmail.com. Quem quiser aceder ao novo blog, deverá enviar por e-mail um pedido de participação, ao qual depois de devidamente ponderado, o acesso será concedido!

Espero por notícias vossas!

موقعة خاصّة للقارئة من جديدة فكّ أنا!

ركّب الآن مع "[ستمتر]" أنا ينال أن يعرف الذي يزورني ومن حيث هم يزورونني! أنا فاجأت في المعلومة أنّ يستلم أنا. [إ] في [كنسقونسا] من هذا معلومة أنّ كتب أنا هذا موقعة, مخصّصة أنّ واحدة أو أنّ واحدة أنّ يوميّة زيارات ي من جديدة أنا فكّوا -

هند! رجعت دائما…

Assim de repente...

... só me apetecia encher a...



....VERDINHA...

... de beijos!
PS: Obrigado pela correcção no código do blog. Como eu sou um tipo muito pobrezinho e não te posso pagar em dinheiro, já sabes, cof.. cof...

BUUUÁÁÁÁÁ

Alguém com conhecimentos profundos de XHTML me pode ajudar??? É que passei a noite toda em volta do antigo template e não consigo mesmo corrigir a cagada.

O que mais me irrita é que deve faltar no máximo uma "tag" e só não sei qual!!!!

Please somebody help me!

Fiz merda

Consegui foder o template que estava aqui no blog por engano e agora não o consigo reparar...


grrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Sensualidade . . .

(photo by Tiago Capela Oliveira - modelo: Sónia Simões)

1+1=1

"...sabes as vezes devemos ser muito egoistas.. devemos deixar partir as pessoas ainda que estejamos roidinhos por dentro para que elas fiquem..."

SORRY....

Playboy à procura de novos talentos na Internet




A Playboy está à procura de novas estratégias de angariação de fundos. Para isso, decidiu aliar-se aos novos media e criar o Playboy Audience Network, um leque de parceiros do mundo digital que passarão a distribuir os vídeos e estilo da marca erótica.


Em comunicado, a empresa refere que entre os parceiros iniciais para esta iniciativa se incluem empresas como o YouTube, Metacafe, Break.com, Veoh e Mixercast.


O pontapé de saída para esta medida será dado com uma aliança com o YouTube. A Playboy vai criar um canal específico dentro da rede de partilha de vídeos através do qual vai lançar um concurso. A iniciativa tem como objecto encontrar novos talentos entre o público feminino, com mais de 18 anos, e o prémio final dará à vencedora uma visita à famosa Mansão da Playboy, em Los Angeles, a possibilidade de posar para um catálogo da marca e um audição para uma futura aparição na revista.


A selecção será feita através da análise aos vídeos enviados pelas participantes e terá apenas em conta os conteúdos "YouTube- friendly", ou seja, sem nudez, sexo explicito ou outro tipo de "atitude" que possa ferir as susceptibilidades dos milhões de utilizadores da plataforma.
(fonte tek.sapo.pt)

(foto by Ricardo Costa - olhares.com)

Se alguma das caríssimas leitoras achar que tem atributos....

Keep the record on...

(foto by: catatonik - http://www.olhares.com/)


- Paras de chorar? Pareces parva?
- Eu não devia estar aqui, tenho namorado...
- Não viesses! Só estás aqui porque queres, está ao teu alcance dominar isso!
- Promete-me que não tentas avançar....
(silêncio............ mais silêncio.......... interrompido pelo soluçar das lágrimas)
- Não posso Charmoso. Não posso trair o meu namorado. O corpo quer mas a cabeça não deixa.
- E eu também não te pedi nada... Não estou a perceber o teu trauma! E para de chorar que ainda morro afogado em tanta lágrima Parece que funcionas mal!
- Dás-me um último beijo? Pelos velhos tempos? Um beijo e acabou....
- Vamos mas é embora! Não te vou dar o prazer de tirares a limpo o que podes eventualmente sentir.
E até a deixar na porta de casa não abri mais a boca! Nem um adeus. Porque isto foi a prova viva de que o que passou passou...
E agora já sabem como correu suas beatas!!!!!! ;-)
Aceitam-se candidatas!

Upside Down

Indeciso que eu andava sobre se abordar outra vez ou não a Amante, lá decidi para mim mesmo que o iria fazer. Ultrapassados os dilemas morais, e percebido de que as coisas com a pessoa em quem investi estavam a tocar o fundo (e reparam em como tentei ser [blhac] fiel à minha vontade até à última), lá lhe enviei uma sms, e outra e outra.... Como eu sou um tipo porreiro e sei que vocês têem uma curiosidade do caralho, vou relatar aqui a conversa:

- Olá, tu desculpa ter desaparecido durante tanto tempo, mas a verdade é que tinha perdido o teu número. Está tudo bem?

- Olá, ter desaparecido é favor. Já pensava que tinhas morrido...

- E se for para começares já com merdas e com perguntas, posso morrer já!

- Estás o mesmo. Não se pode dizer nada que te desagrade, dasse... Eu estou bem, o meu namoro vai bem, tudo na minha vida corre bem.

- Ai sim? Temos de nos encontrar para me contares essas coisas todas.

- Encontrar?? Mas eu não estou interessada em trair o meu namorado!

- Trair? Não falei em trair. Eu disse conversar!

- Ui... estás estranho! Conversar? Tu? Dantes só me querias para outras coisas!

- Isso era dantes.

- Estás diferente. Estou a achar essa coisa da conversa mesmo estranha. Tu nunca quiseste sair comigo se não fosse para foder.

- Pois... Mas eu agora quero.

- Está bem. Quando?

- Por mim pode ser já logo.

- Logo??? À noite??? Nahhh... espera. Aqui há história. Isto é tão estranho. Nunca saíste comigo de noite, nunca podias. Agora podes? E a Mulher?

- Não compliques e diz lá se podes ou não...

- Poder até posso, mas estou a achar isto estranho. Prefiro amanhã pela manhã...

- Assim seja.

- E não me vais deixar pendurada?

- Não!

- De certeza!?!?!? Gato escaldado...

- Não percebo o porquê dessa pergunta...!

Prontos. A modos que já está... Quanto ao resto, não pensem que aquela coisa de querer só conversar era mesmo verdade!

Em parte era...

Um mimo para o fim de semana


As bailarinas deste videoclip... nham nham...

Participação em blog....

A pedido da I Just Can´t Get Enough, escrevi um texto sobre "Erecção" no seu blog. Podem vê-lo cRicando



VER TEXTO


Agora comentem meninas!

DESAFIO

A Dolores e A Jovem lançaram-me um desafio que consta em:

1- Colocar o link da pessoa que nos "marcou";
2- Colocar as regras no blog;
3- Partilhar seis coisas sem importância para nós;
4- Marcar seis pessoas no final;
5- Avisar essas pessoas deixando um comentário nos seus blogs.

Eu até nem costumo aceitar desafios, mas tendo em conta que me anda a faltar material para publicação (quecas), lá terá de ser! Como acho estúpido referir as coisas com menos importância (podia começar pelas moedas de um cêntimo), vou então mudar um pouco as regras e apresentar uma lista de seis coisas que detesto mesmo! Já sabem que sou perito em jogar com as minhas próprias regras, não é??? Então:

* beijos mal dados e/ou pessoas que não sabem beijar (começa logo tudo mal...)
* quando as mulheres dizem"ah e tal somos amigos" (alguém ainda acredita nisso??? Pois pois, e o Pai Natal anda a comer o coelho da Páscoa)
* mulheres muito fáceis ou muito difíceis (ninguém dá valor aquilo que não custa ter, mas também ninguém gosta de investir em missões impossíveis)
* dormir sozinho, sem o calor de um corpo para me agarrar (quem diz agarrar....)
* filas e locais com muita gente (principalmente se toda a gente estiver em movimento)
* A palavra NÃO (tenho um grande problema com esta palavra. Irrita-me e leva-me à loucura quando alguém se nega ou me nega)


Agora tenho de passar o desafio... hummm... então vou escolher algumas pessoas que julgo poderem dar respostas que me surpreendam:

- I Love My Attitude Problem

- If You Want It... Come And Get It

- Perde-te Nos teus Sonhos

- I Just Can´t Get Enough

- Um Dia Uma Estrela Disse...

- Um Mais Um

A alguem tinha de calhar ;-)....

Palavras....


... sensuais!
Please!

Serei só eu?

Ou será que mais alguém tem tendência para perder o interesse noutra pessoa ao mínimo sinal de quebra de confiança e falta de abertura?

Deve ser de mim....

Attitude_Problem: a cumpridora de promessas!

Ela bem ameaçou, bem disse... eu não acreditava! E lá está o prémio chiclete direitinho para o Charmoso



Acho que o prémio incluía também uma caixa de qualquer coisa:



A modos que esta querida leitora me conseguiu surpreender, e melhor, conseguiu fazer-me rir às gargalhadas na segunda visita! E eu que até nunca aceito assim prémios nem desafios nem nada, oh pah, senti que este, por ser criado assim de uma forma tão exclusiva merecia publicação!

Bem, Attitude_Problem, e agora o que é suposto fazer com o prémio?? loooool

Thanks

CHICLETE - post relativamente sério. Recomenda-se ligar o cérebro antes de iniciar a leitura

Chiclete, abre, mastiga e deita fora. Produto de consumo rápido criado pela sociedade! Sou um fã da música dos 80's, e estes dias comprei um novo CD. Coloquei-o no leitor do carro e comecei a "desfolhar" as músicas. Parei numa: Taxi - Chiclete (quem conhece???). Ouvindo a letra comecei a recordar a facilidade com que se escrevia uma letra para uma música, utilizando metáforas e figuras de estilo! A censura a isso o obrigava. Hoje em dia é muito mais fácil dizer-se aquilo que se quer, portanto as letras das músicas não são tão compostas!
Chiclete. Nesta vida tudo é uma chiclete. Escolhemos, abrimos, mastigamos. Quando acaba o sabor pegamos e colocamos no lixo (alguns porcos é mesmo para o chão). Assim já eu fiz com algumas pessoas, e assim algumas pessoas já o fizeram comigo. Tudo isto me recordou a Amante (remember???). A moça, rapariga muito gira, foi nas minhas mãos algo muito pior que uma chiclete. Mastiguei, deitei fora, mastiguei,deitei fora, vezes sem conta. Nunca me tinha apercebido das humilhações a que algumas vezes a rapariga se sujeitava: ela largava tudo só para poder estar comigo, o gajo casado que lhe disse vezes sem conta que só a queria para sexo, e depois eu deixava-a pendurada, partindo para outras diversões. Agora penso nisto com tristeza e com nojo de mim próprio, nem sei como em tempos era capaz de agir assim de uma forma tão fria e insensível. Não me admira que ela tenha optado por arranjar um namorado, uma coisa mais estável, mais completa!
Hoje dei-lhe valor. Gostava de a voltar a ver, nem que fosse só para lhe dizer isto. Quando ela me disse que estava apaixonada por mim e que por esse motivo era melhor ir cada um para seu lado, até porque já tinha um namorado à séria, eu num primeiro momento fiquei abismado (ok, ia lá adivinhar que a moça estava apaixonada, não consigo perceber essas coisas), e de seguida não mostrei resistência e disse que estava bem. Apaguei todos os contactos dela e segui o meu caminho!

Na verdade acho que tudo tem de ter um fim. Neste momento também me vejo noutra situação da qual apenas espero o fim. Apesar de falar com essa pessoa diariamente, espero apenas que a vontade de trocar conversas se esvaia, e tudo fique como começou: cada um na sua! Não espero porque quero ou porque o desejo, mas sim porque é o decorrer natural deste tipo de coisas. Ou envolvem sentimentos e duram, duram, duram, ou as conversas rolam sempre em torno do mesmo até que um dia algum se vai encher e vai colocar o eterno ponto final. Já tive algumas situações destas. Umas resolvem-se por si mesmas, e ambos percebem que não vale a pena investirem os seus tempos um com o outro. Noutros casos as coisas são mais complicadas: um quer parar e o outro quer continuar! Chiclete: compra, abre, mastiga e deita fora. Somos todos um produto de consumo.... e ao longo da vida nunca deixaremos de ser.

Gostava, aliás, adorava poder voltar a ver todas as chicletes da minha vida, e todas as pessoas para quem eu fui uma chiclete! A uns pediria desculpa e a outros agradecia por me ajudarem a ser mais Homem!

Acho que já me perdi completamente do assunto: música dos 80's. Bem, eu gostaria que aqui no norte houvesse uns bares dedicados aos 80's e aos early 90's. Apesar de gostar de música moderna, não posso esquecer as minhas bandas favoritas: The Doors, Guns N'Roses, Dire Straits, Sting.... e mais algumas. Durante umas semanas no meu carro será só som dos anos 80, e até os miúdos irão cantarolar as músicas do CD!

Bom, o texto já vai longo, e já disse muita coisa. Chiclete: até este texto o será!!!

Fica aqui a promessa de que no próximo post haverá queca para contar!

See you....

Acessorize............

Há coisa mais linda que uma linda mulher equilibrada em cima de uns belos sapatos, com uns grande e finos tacões e a complementar uma linda e sexy lingerie, constituída por um lindo e excitante fio dental, um apelativo soutien e umas meias bem sensuais!?






Se alguém souber de alguma coisa melhor é só dizer, que eu estou receptivo a saber!






PS: Eu só vim mesmo avisar que a Mulher me espera nestas poses e que eu lá vou matar a fome que já tem uns dias valentes. E assim um gajo não resiste, certo??? Se eu não voltar nas próximas 24horas é porque ela deu cabo de mim...

A etiqueta!

Finalmente os fabricantes de vestuário descobriram a verdadeira forma de ensinar os homens a lavar a sua própria roupa!
Digam lá! Não é de gajo inteligente??????

Eu tenho dois amores...

... que em nada são iguais!



















Adidas Stabillo 10th vs. Kempa KontrolCage Adrenalin



















E não tenho a certeza de qual eu gosto mais....

Participação!

Depois de ter sido convidado pela caríssima Bombocaa, para participar no seu blog, já é possível ler o meu texto em Eu e o meu mau feitio!

Leiam...

That's it.....

E regresso à minha teoria de que não se consegue saltar de um precipício com dois saltos!

E que o Bruno Alves é um clone do Michael Jackson.....
E que as paixões são descartáveis!
E que comer ananás azeda o sabor do esperma.

Right?

O último pensamento da Quaresma!

Adoraria ser a cruz que muito boa gaja vai beijar nesta Páscoa! Isto soa a blasfémia, mas bem vistas as coisas até nem é, e seria a coisa mais natural, sensata e inteligente do universo!

Feliz Páscoa para todos!

E aí vai...

... um segredo!

Sussurrado!

Ordens é com Ela!

Se há pessoa no mundo perita em dar ordens, esse alguém é Ela. Na verdade, com Ela senti-me um autêntico objecto nas mãos de um general. A sensação que tive ao chegar ao telemóvel e ter uma mensagem que dizia para ir ter com Ela, fez-me sentir eufórico. A tesão começou logo a tomar conta de mim! Uma desculpa à Mulher, desculpa essa toda mal arranjada e tal, e lá fui eu de pau firme e hirto rumo ao local de encontro. Ainda estranhei aquele convite, mas confiei que Ela não me iria desiludir. Além disso, eu adorei quando fodi a Ela e as expectativas estavam ao rubro, eheheh...
Chegou atrasada, mas não se livrou de uma boca, afinal de contas eu detesto atrasos, e mesmo sendo Ela, não dou desconto a ninguém. Se houver uma próxima Ela não se vai esquecer que aqui o menino Charmoso curte pontualidade ( e sexo).
Dirigimo-nos logo de imediato para o sitio da primeira vez e à medida que nos aproximáva-mos eu já me ia rindo por dentro com a situação caricata da recepção do Motel. Eh pah, é que há sempre uma voz após um toque no botão pergunta:

- Sim, por favor, diga???

Mas que raio é que um gajo pode querer de um Motel sem ser um quarto?????
Bem, coisas parvas à parte, lá fomos nós para o quarto. Lá chegados, a tesão era tanta que me sentia até ansioso... Mas nada que uns saborosos e excitantes beijos d'Ela não resolvessem!!! Oh filhas, não sei explicar, mas é "aquele beijo" (que cena tão intíma não acham?). Gosto da forma faminta como Ela me beija e me devora as entranhas. Puxamo-nos um ao outro para a cama (em sentido figurado dada a diferença de estaturas), e as nossas mãos prontamente se começaram a perder no interior das calças um do outro. As roupas começaram a ser distribuídas pelos m2 de chão do quarto e eis que os nossos corpos se encontravam assim, desnudados, prontos a serem incorporados num só!
Ela bem se preparou para montar de uma investida só, mas quando fitou o meu lindo (sim meninas, lindérrimo) pénis, não resistiu e abocanhou-o de uma só fez, fazendo uma coisa a que nós os sedutores chamamos de felattio (broche para os leigos). Não há duvida que de tudo o que o sexo me consegue dar, nada se compara a uma boca trabalhadora! E que bela sessão mamatório se proporcionou ali. Quando tinha o pau todo durinho e esticadinho, ela coloca (cof cof, mentira, eu coloco porque eu é que sou o expert), o preservativo:

- Oh Ela, tá dificil?? Deixa estar que eu ponho!

- Oh Charmoso da treta, acho que devias comprar camisinhas uns tamanhos acima, não??

- Não exageres! E mais: isso diz-se?

- Olha que merda, é um elogio!!!

Não imaginam que bem que isto me faz ao ego eheheh....
Camisa de Vénus devidamente colocada, e eis que sem eu me dar conta Ela se senta no meu pau como de uma cadeira de relaxamento se tratasse. Cavalgou o meu pau com uma destreza que já havia sido demonstrada no 1º round, e eu delirava com o prazer que estava a ter. Ela é formidável... Trocamos de posição e eu estive por trás dela (não no cú oh mentes preversas - isso a seu tempo virá). Os espelhos dão uma espectacular prespectiva da coisa. Tiro o pau pingante de fluídos vaginais, Ela deita-se de perninha alçada e eu nada envergonhado stickei até Ela se vir num valente orgasmo! Hummm, é tão bom vê-la vir-se. Continuei mais um pouco e sem grande dificuldade também me esporrei todinho, coisa para encher aí uns bidões de semén!!!

- Faz o teste! - diz rapidamente Ela

- Teste??? Qual teste??? (eu a pensar - oh que caralho, queres ver que a puta está grávida!?!?!?)

- O teste ao preservativo oh burro, vê lá se essa merda está furada!

E não estava! E sendo que não estava ainda fui homem de me deitar um bocadinho no miminho com Ela (se estivesse furado era um bota a correr a comprar a famosa Pílula Dia Seguinte). Estas cenas de carinho não recomendadas a amantes duraram até à Mulher me ligar e foder a cena toda!

Depois, custa mesmo é chegar a casa e quase de seguida ainda ter de foder com a Mulher! E sabem como é, em casa tem de se cumprir!

E aguardo mais ordens d'Ela...