Masterized record!

(Photo @ olhares.com)

Eu ainda sou do tempo em que a House Music era efectivamente House Music. Em que se saía à noite e se sentia a sensualidade nas pessoas, transpirada através da batidas de um ritmo House. House Music era sinónimo de glamour, de antiguidade moderna. Era a simbiose entre o ritmo e a mente. O som penetrava-nos os ouvidos e sentíamos que trazia "rythim & Soul". Energy & Destination. Trazia emoção!

Hoje pensava isto no carro enquanto ouvia na rádio um estúpido comentador apresentar música electrónica comercial como House Music.

"House music is something that chears you up when your feeling down!! Yes it is! And everybody releases joy on the dancefloor . . ."

3 comentários:

pecado original disse...

Eu sou do tempo...de tanta coisa!

i just can´t get enough disse...

És cá dos meus. Existe tanta modificação que altera a essênsia da música.Sinto falta de entrar num sitio e pensar: "Isto sim, é que é um bom som!"
Beijocas

gato selvagem disse...

tens de ir a uma abertura de epoca em ibiza ai sim vais ver o que e musica...xau abraço