Orgasmic

(Photo by Luis Mendonça @ Olhares.com)


Concerteza já aconteceu a todos vocês falarem com alguém pela primeira vez e sentirem que já conhecem (ou que já deviam conhecer) essa pessoa à anos. Foi o que aconteceu quando troquei as primeiras palavras com a Orgásmica. Quando a vi, confesso que fiquei logo tocado pelo rosto que detinha recortes de sensualidade, e cujo corpo bem trabalhado, deixando antever um belo par de mamas, era o complemento perfeito. Enfim, tudo em si me fez lembrar o que de melhor uma mulher pode ter.
Dos olhares às palavras, as coisas aconteceram com naturalidade. Estava-me a saber bem toda aquela conversa, a sua voz sedutora penetrava em mim e abalava todo o meu ser. A aliança na sua mão esquerda brilhava a cada posto de iluminação, e eu sentia que estavamos cada vez mais perto um do outro.

Como Charmoso que sou, as palavras foram fluindo com a amostra daquilo que sou. Sentia-me confortável, e sentia que ela já não conseguia disfarçar a vontade de ser tocada (talvez nem eu . . .)!

- Paramos para jantar num sitio discreto?
- Hmmm... local longe de olhares onde se pode jantar, só conheço um! (tentei eu com a minha cantiga de bandido gasta)

Não colou... e fomos seguindo viagem até pararmos num local onde luz ou gente não constavam. O carro descansava já encostado a uns arbustos, num posto onde ninguém nos poderia ver. Articulamos mais algumas palavras de conveniência até que fui forçado a aplicar a táctica do costume. Peguei na sua mão e desvendava as formas da sua aliança. Num gesto pouco cavalheiresco puxei-a para junto a mim, num só golpe, tentei chegar com os meus lábios aos seus.

A Orgásmica ainda resistiu uns segundos. Eu ainda resisti uns milisegundos. Até que finalmente os nossos lábios faziam prova da vontade que nos vinha a consumir. Os gestos provocantes, excitantes, sensuais continuaram... Ela ergue-se e vem-se sentar no meu colo, colo esse que escondia o meu pau já erecto, doido por sair da clausura a que estava sujeito por baixo dos botões daquelas calças. Gostei de ver que ela não se fez de rogada, e que coçou o seu sexo, no meu, ainda com a roupa a servir de fronteira entre tesão e prazer! Catapultamo-nos um ao outro com loucura para o banco de trás, e continuamos entre carícias e braços, mãos indiscretas e linguas entrelaçadas. De repente ela pára para me dar um recado:

- Charmoso, beijas incrivelmente bem!

- Jura!!

- Juro... acumulas um calor incomum nesta zona (diz ela enquanto me toca os lábios superiores), o que faz com que os teus beijos transmitam algo indescritível (foi a melhor descrição que alguma vez ouvi).

E sem me dar mais tempo para conversas, tira as suas calças, baixa as minhas e coloca a mão no meu já enlouquecido dardo! Sentada em cima de mim, acabamos por foder de todas as formas, cores e feitios. Ela veio-se ... sei lá... cinco... seis vezes... mais talvez... perdi a conta! A cada stickada que dava naquela húmida e apertada cona, sentia cada vez mais tesão, e não queria que aquela foda acaba-se nunca! Ela sussurrava-me "mete-o todo!", seguido de um entesoado "mas que grande piça tu tens!", e eu ganhava mais e mais forças para a comer todinha!
Quando finalmente me estava quase a vir, retirei o dardo de dentro dela, banhando o seu rosto, língua e lábios com o meu abundante leite! Que bem que lhe ficava o meu sémen a escorrer pelo queixo!

Abraçamo-nos como dois amantes esfalfados pelo dispendio de energia causado pelo sexo, e fitamos as estrelas:

- O ceú hoje está lindíssimo! Tão estrelado . . . (disse eu)

- Sabes Charmoso, é incrível como em tão poucas horas que te conheço, consigo sentir tanta confiança em ti.

- É um padrão, e chama-se charme... (disse eu soltando um pequeno mas maroto sorriso - e pensando para mim: se soubesses que me apelido a mim mesmo de Charmoso!!)

Bem, e com a escrita desta minha aventura, já estou novamente de pau feito, só de me lembrar!

Vou ali exercitar os punhos e já volto . . .

34 comentários:

Samantha disse...

E eu daqui a bocado ganho calos...

DESIRE disse...

Hummmmmmm e exercitaste muito?
> Beijos prometidos

Anónimo disse...

Prometidos?!

Cris... disse...

Pelos vistos, jantar não jantaram, mas comeram(se) na mesma, ein, Charmoso?

PS: beijas assim tão bem? ui...

Miguel disse...

Mas tu não perdoas uma lol

Gostei do texto.. tá.. charmoso ^^

Abraço

Just me disse...

O jantar já não é como era antigamente xD

Gaja Boa 2 disse...

heheheheh
sempre em forma!!!!

Salto-Alto disse...

Parece que o teu charme se comprova! ;p

Beijinho

Anónimo disse...

vai um cigarro??!!!
bjs

Borboleta Endiabrada disse...

fiquei encantada com a musica...boa escolha!!

beijinhos endiabrados

Cyberpink disse...

Olá

Muitos parabéns pelo blogue.
Tomámos a liberdade de te adicionar ao "Blogues Eróticos Tugas".

Anónimo disse...

Cada vez que leio consigo recordar cada bocadinho da nossa maravilhosa foda, e por mais vezes que leia consigo ficar sempre molhadinha.
Quero voltar a sentir-te dentro de mim!
Meu tesão.
N.

Anónimo disse...

Andas a foder mt bem!
Fode muito pr ter mts textos pr ler
:)

Anónimo disse...

Esta história lembra-me um pequeno pormenor técnico... de certo tiraste as cadeirinhas das crianças a tempo para não quebrar o clima certo? Ah!!! E outra coisa.. verificar sempre os cabelos (que podem ser de cor diferente dos da Mulher) que possam ficar depois do embate... Ai, ai... vida de casado nem sempre é fácil.....

** Jo@ninh@ ** disse...

Bela descrição.... Lolinhos....

:)

Cor do Sol disse...

Tens aqui gente preocupada, a dar dicas e tudo. Tu anota pa não seres apanhado.eheh.

Charmoso disse...

ahahahah
Samantha, quem ganha calos sou eu!

bjs com charme

Charmoso disse...

UFA Desire, e se exercitei!!
Até me doem os braços, eheheh

Charmoso disse...

hummm Anónimo1, prometidos sim senhor!
;-)

Charmoso disse...

Se beijo bem ou mal, não tenho noção Cris..., mas que comi na mesma, disso não tenho dúvidas!!

;-)

Charmoso disse...

Miguel, só passam as que me "perdoam" a mim, eheheh, as que derem asas, essas não escapam...

Charmoso disse...

Just Me, já não há românticos como antigamente!
;-)

Charmoso disse...

Gaja Boa 2, seja bem retornada ao meu humilde recinto lol
Pois, no que toca a forma, já sabes qual é o lema: se mexer morre!

ehehehe

bjs com charme

Charmoso disse...

cof cof Salto Alto: acho que era melhor tirares essa prova a limpo! eheheh

bjs com charme

Charmoso disse...

Anónimo2: por acaso não fumo, mas acredito que quem fume, no fim de uma queca destas puxe por um cigarrinho!
bjs com charme

Charmoso disse...

Borboleta Endiabrada:

Este blog é um poço sem fundo em bom gosto!

bjs com charme

Charmoso disse...

Cyberpink: obrigado pelo elogio... assim fico corado!

bjs com charme

Charmoso disse...

N: é sempre bom podermos excitar-nos com as palavras!

bjs de tesão!

Charmoso disse...

Anónimo3: desde que sejam boas fodas, eu fodo e torno a foder! Mas de más quecas está o mundo cheio!! :-( (mas não foi o caso desta que foi maravilhosa)

Charmoso disse...

Anónimo4, por acaso não uso cadeiras para os miúdos, e nunca tenho cuidado com esses pormenores. Mas também nada te garante que a foda tenha sido no meu carro lol
;-) bjs com charme

Charmoso disse...

**Jo@ninh@**, espero que te tenhas divertido a ler, tanto quanto eu a escrever!

bjs com charme

Charmoso disse...

Cor do Sol, pois, já comprei um caderninho amarelo, giro e fofo para anotar estas indicações!

Inês e Mafalda disse...

Orgasmico de se ler...;)

Anónimo disse...

entao mr charmoso....gostei do texto..ta cómico e ao msmo tempo porreiro.....ehehehhe


abraço....