Desafio - Texto IV

"A investida como um trovão subterrâneo! Imediatamente a seguir, um violento choque pôe abaixo a maior parte do ser. Nos primeiros sessenta segundos após esse torpor quase mil almas nossas já haviam perecido.
O Corpo primeiro recua, perante a investida e em seguida, avança de repente, elevando-se acima de tudo o que é um nível costumeiro e humanamente possivel. Tragando tudo o que encontrava pela frente. Extasiados, os corpos humecidos, ao invés de sucumbirem ao desgaste, envolvem-se frenéticamente como um só, Unos, como um atomo em fusão, em movimentos sincopados explodem em mil fotões de cor e em plena harmonia"


1 comentário:

Jessica Smith disse...

Não tenho nada para dizer, mas queria fazer as honras deste post e dar a primeira "esporradela".
Já está!

A Falhada