A Terapeuta!

A Terapeuta achava que conseguia resistir ao Charmoso. Em diversas conversas que tivemos ela dizia que embora a vontade ultrapassasse a razão, ela não iria ceder aos meus avanços. Pedi-lhe uma sessão, precisava de ser ouvido. Ela, ansiosa por conhecer todo o meu mundo em pormenor cedeu! Na sessão anterior, feito sacana, tinha-lhe mostrado o sardão, ela olhou-o, e por entre o silêncio da vontade disse-me ao ouvido que era a mais bela piroca que alguma vez havia visto. Pedi-lhe que lhe tocasse. Ela recusou! Por tudo isto fui para esta sessão consciente de que ela me quereria ouvir, mas também ver, e, se eu fosse suficientemente persuasivo, ela iria tocar-me!
Na hora exacta e no sitio combinado ela esperava por mim! Pedi-lhe para me acompanhar. Expliquei-lhe que iriamos para um local onde estaria mais à vontade para soltar os meus pensamentos, ela, desconfiada cedeu! Levei-a a um Motel. Normalmente estes servem para foder, a Terapeuta pensava que isso não ia acontecer, e eu estava certo que de uma forma ou de outra o iriamos fazer! Entramos no quarto e eu comecei a tirar a roupa. Ela pergunta-me porque o fazia, e eu, qual anjo disfarçado digo que me sinto mais confortável e que me sentiria ainda melhor se ela fizesse o mesmo! Notava como ela me olhava nas partes íntimas. Procurava ver o meu sexo, o tal que ela tinha idolatrado. Fiquei a perceber que ela andara a sonhar com ele. Acedeu ao meu pedido de se despir, ficando em roupa interior. Ela fazia-o encostada a uma parede e revelava uma sensual lingerie azul, a minha cor favorita ( e não, não sou portista). Encostei-a à parede, pressionando o meu bacamarte no seu traseiro. A respiração dela subiu de imediato:

- Pensavas que me conseguias resistir era?
- O acordo era não me tocares lembras-te? - disse-me ela
- Sim, lembro, mas não resisto a dar-te isto...

Enquanto digo isto coloco a sua mão no meu caralho já erecto, ela hesita, mas cede, e agarra-o com todas as forças! Neste momento estava mais do que convencido que a ia F O D E R ! Já deitados na cama, usamos as nossas mãos para brincar um com o outro. Gostei da sua gruta, é humida e calorosa, não dizendo que não a uma penetração manual! E assim, enquanto o meu dedo maior brincava com a sua mais que tudo, ela batia-me uma bela de uma punheta! Eu tinha uma surpresa para ela: preservativos de chocolate! Com muito esforço lá foi colocado (tentem colocar um carro de 2mts numa garagem com 1,5mts) e ela, não se fez rogada, chupando a gaita toda, num divinal broche, memorável para a eternidade. Retribuí, e no meio daquele tesão todo tentei penetrá-la, ao que ela se foi recusando. Para terminar a sessão ela masturbou-se para mim e eu para ela!
Foi uma sessão agradável onde a Terapeuta ficou a conhecer um pouco mais sobre mim. Na proxima sessão aposto que a fodo bem fundo!

Ou não.... eheheh

12 comentários:

Som Do Silêncio © disse...

LOL

Sei que não devia rir-me mas deu-me vontade!

Hahahahahahahaha

Um Beijo e Boa Sorte na próxima sessão ;)

ternura disse...

Ai terapeutazinha estás feita, lol.
Ahahahah.
Beijito

Anónimo disse...

bela treta de história....
costumas fazer melhor

CamaReira disse...

Linda mesmo!!! Precisas de CamaReira para trocar a cama??

Beijos Ardentes

Vânia disse...

Ai Charmoso... As tuas histórias são tão reais que às vezes parece que fazemos parte delas. Como se fôssemos actores principais (ou secundários!) deste guião vivido por ti!

Espero que tenhas sempre muitas aventuras e acima de tudo que as continues a partilhar com os teus fãs e leitores fiéis!

Beijo

Borboleta Endiabrada disse...

ès um safado.. ai ti nao te escapa nenhuma!!ehehe

beijinhos endiabrados

Amazona disse...

ahahahahahahahah!!!
Parece-me mesmo que a terapeuta não sabe o que quer (ou o que não quer).... acho mesmo que quer mesmo, e muito, mas disfarça muito mal, e está a fazer-se de dificilzinha.... Deve ser muito novita.... digo eu....

guiga disse...

Obrigada pela visita ao meu blog.
Quanto ao seu, belo blog de ficção que aqui tem! Continue assim, com uma mente bem criativa! lool
Ou não!

*.*

Pseudo disse...

Não tenho qualquer dúvida que esta é fruto puro da tua imaginação :P

Bombocaa disse...

Ah grande artolas...ela precisa é de castigo...eheheh
Beijo...na bombocaa

Isis E. Báthory disse...

Acho que foi mais a terapeuta que levou terapia que outra coisa...lol...boa sorte para a proxima...

Anónimo disse...

A terapeuta precisa é d tratamento...esse joguinho do "não quero mas dá-me" e do "brincar aos médicos e enfermeiras" é no mínimo básico!
Va lá q há sempre um/uns q vão na cantiga e consideram-se verdadeiros charmosos...lololol

Ass : Ice