Sex-Shop



Definição da web para sex-shop: Sex shop é uma loja que vende produtos com finalidades eróticas como vibradores, bonecas insufláveis, acessórios de sadomasoquismo, lingerie erótica, fantasias eróticas, filmes pornográficos, preservativos, cremes eróticos, chaveirinhos em forma de pénis, calcinhas comestíveis, tanguinhas sugestivas, chocolates artísticos, cabaninhas para a masturbação e outras coisas . Apesar de ser uma loja como qualquer outra algumas pessoas possuem o pudor de entrar em uma, então são muito comuns os sex shops virtuais, em que o cliente faz o pedido dos mesmos itens e se mantém anônimo. Por vergonha, as vezes. Não se sabe como eles começaram, mas há relatos de vibradores desde 1860 e anúncio, em jornais, no começo do século XX, porém apenas com a revolução sexual dos anos 1960 é que eles se tornaram mais populares. Sabemos que hoje existem sex shops em praticamente todos os países do mundo e que novas tecnologias são empregadas em novos dispositivos que podem aumentar o prazer das pessoas. Hoje com a internet, muitas empresas estão fazendo sexshop online. Alguns com vendas em varejo e outros com venda em atacado
 Fonte: Wikipedia



A Enfermeira é uma mulher que meia volta me vai convidando a "mandar umas fodas", e diga-se sem rodeios: que fodas!! Ela é uma mulher de seios fartos e que coloca um homem em transe com a sensualidade que transborda de cada vez que respira. Depois de nos encontrarmos no parque de estacionamento de um hipermercado, e depois de estarmos umas dezenas de minutos aos apalpões, começou a parecer mal estarmos ali naquelas cenas. Indecisos sobre que rumo tomar, eis que a minha mente pura e cheia de boas intenções pensou em fazer uma visita ao mais sagrado local que a minha religião pode idolatrar: uma sex-shop. A Enfermeira ficou surpreendida com a minha proposta e não percebeu muito bem se iríamos comprar um vibrador, preservativos, ou umas algemas e chicotes. Notava-se nela alguma apreensão no que se estava a passar, mas como sou bom nas palavras, lá a consegui convencer e acalmar os seus receios. Na minha cabeça, acreditem, estava a puta armada!!

Ao chegar à loja, entramos caladinhos e à esquerda um homem com cerca de cinquenta anos estava sentado atrás de um balcão a ler uma revista (não pornográfica)!

- Boa tarde - dissemos ao entrar
- Boa tarde. Estejam à vontade. - respondeu o sexshopista

Entramos e fomos percorrendo os corredores mexendo em vibradores, cremes, chicotes, revistas, lingeries e afins. A tesão era cada vez mais, e assim que encontrei um corredor mais escondido, atirei-me a apalpar subtilmente o belo do cú da Enfermeira! Ela meia envergonhada pediu para me afastar dela pois havia espelhos por toda a loja. O receio do dono da loja ver estava a apoderar-se da minha cabra companheira. Mas a mim, a situação estava a deixar-me completamente louco, e então eis que começo a roçar o meu pau já duro e pingante nela. O senhor, o tal que estava por trás do balcão levanta-se e vem ter connosco.

- Estava a observar-vos dali e vou ser muito direto. Se quiserem foder, sejam meus convidados - diz o galeifão armado em pinante
- Claro que queremos foder - digo eu enquanto me encosto nas costa da Enfermeira e lhe meto a mão nos brutos seios.

Dito isto o dono da sex-shop fecha a porta principal e abre a porta a uma sala privada com sofás e convida-nos a entrar. Nós acedemos e no interior comecei a comer a Enfermeira. A despi-la... Enquanto isso ela ia brincando ora com o pau de um, ora com o de outro. Estavamos já os dois bem tesos, quando ela me manda deitar no sofá e me cavalga como uma louca. Numa das mãos da Enfermeira, o pau do sexshopista estava a levar uma bela punheta. Montada neste pau que enche qualquer toca, a Enfermeira veio-se como uma louca, e quase ao mesmo tempo venho-me eu. Vim-me tanto que o leite escorreu pelo preservativo abaixo molhando-me o pincel todo. O dono da loja ainda pediu à Enfermeira para acabar com um broche, mas ela olhou para ele e disse-lhe para acabar sozinho. Eu sorri. Que cabra que ela é, e como eu gosto que ela seja assim.
Na verdade com esta aventura a minha difinição de sex-shop mudou completamente.

E o próximo local será?

4 comentários:

DESIRE disse...

Uiiii até a minha!
Beijos prometidos

Miss B disse...

O próximo locar seria numa capela, atrás de uma capela se não quiseres armar estrondo. Seria bem irónico. Dentro de um confessionário era giro

Mars disse...

Hum, gostei... :)

Musa disse...

tardou mas veio-se...!
agora só falta combinar lugar!
He he he he gostoso, hummmmmmmm