Cubo de gelo?? Eu!?!?!?!?!?


Eu sou um tipo pouco sociável. Pronto, está dito. Não sou daquelas pessoas que utiliza conversa de circunstância, ou que sente necessidade de quebrar o gelo. Com os meus vizinhos, não passo de um bom dia/boa tarde, e no elevador o silêncio acompanha-me sempre que tenho de o partilhar. Não gosto de falar com pessoas que não me dizem nada, muito menos de assuntos que não lhes dizem respeito. Podem-me chamar convencido, mas acho as minha opiniões demasiado valiosas para partilhar com uma pessoa qualquer. Posso até às vezes parecer uma pessoa distante, desinteressada e fria. Mas quem me conhece no mais profundo da minha existência sabe que não sou assim. Posso ser muita coisa, mas daí a ser um (e passo a transcrever a opinião da Sorrisinho): cubo de gelo insensível, e que não se preocupa com ninguém!!!!!

19 comentários:

SmS disse...

É a opinião dela...e vale pelo que vale..na mesma medida q tem e deve ser respeitada

não lhe mostraste a tua faceta contrária...oh paaaaaaaa

eheheh

eu...se me é permitido opinar...tenho-te como "lamechas"...pr ser sincera

eheheheh

Suzy disse...

Eu, se fosse gajo, preferia ser insensível a lamechas, até pq, soa um bocadinho a gay...

E se fores??? N é o normal, nos homens?...

vinteetresetrinta disse...

Estás cheio de sorte, o mulherio prefere esses...

A grande parte vá....

Algumas...

ok... as "mais melhores boas".

:D

bjo

Sanxeri disse...

As mulheres preferem esses?

Claro que preferem. São estúpidas que dói e acreditam que é possível transformar um cubo de gelo numa criatura mansinha e tudo isso.

É uma estupidez romantica tipica de gaja. Passei por isso. E resultado? Lixei-me bem lixadinha, que é para abrir os olhos e deixar de ser parva. :P

Os cubos de gelo têm piada, têm charme e dão muita mais pica. É verdade! Mas também são eles que nos lixam no final.

Cor do Sol disse...

Eu não te vejo nem como lamechas, nem como insensível.

Isso só mostra quão interessante ela é para não lhe mostrares o teu outro lado. :P

Sophie disse...

É usual ouvir essa mesma frase (ou muito parecidas) para me definirem, mas isso não me afecta. Sou o que sou e valho pelo que sou (não vou fingir ser aquilo que não sou). Gosto de mim assim. Sou feliz. Haverá algo mais importante que isso???

Intruso disse...

deixa estar.
eu percebo isso.

abraç

Vânia disse...

És um grande artista. Capaz das mais variadas metamorfoses para atingir o teu verdadeiro objectivo. Logo, podes ser o que quiseres... para quem quiserem, porque tens essa caacidade que te é inata.
Ice men... Hehehehehehe

Anónimo disse...

cubo de gelo??? Tu?? naoooooooo!!!bem pelo contario.....bjs.


sexybrunette

Nanny disse...

Não me parece que sejas um cubo de gelo... apenas distante e algo "nariz empinado"... LOL

Cada um é como é, e somos sempre diferentes em circunstâncias e ambientes diferentes.

Beijoca

A Menina Wow disse...

Ahh...
Finalmente encontrei um "cubo de gelo insensível, e que não se preocupa com ninguém!!!!!" como eu :D hihi...

Nestes mundos encontram-se muitas pessoas iguais a nós, ou aparentemente :D

Beijo Charmoso. ;)

Mona Lisa disse...

Charmoso, o importante é que digas coisas interessantes mesmo que não fales muito. Não te conheço, mas suponho que essa frieza/distanciamento aparecem só com determinado tipo de pessoas e não em todos os teus relacionamentos. Isso é normal. Quem é que se sente 100% à vontade com toda a gente? Ninguém.

Eu pessoalmente até gosto de tipos calados e misteriosos:P

beijos

(in)decente disse...

Cada é como é e pronto, quem quiser gosta e quem não gostar 'azaricos'.
Ninguém age e fala de maneira igual para todas as pessoas, há pessoas com quem nos sentimos mais à vontade e outras que nem por isso e é óbvio para qualquer ser humano, minimamente racional, que são com as primeira com quem falamos e desabafamos e blá blá blá com todo aquele à vontade que certamente não existe com as últimas.

Eu não falo com os meus vizinhos, não me dou com os meus vizinhos e não me apetece dar-me com os meus vizinhos, por isso, também não passo de um «Bom Dia», «Boa Tarde» e »Boa Noite».

Isso não quer dizer, DE TODO, que pessoas que agem assim por natureza que são cubos de gelo e bla bla bla.

E tenho dito,

Beijinho (in)decentes :)

D.Antónia Ferreirinha disse...

Rsrsrsrs.
Socorro estou apaixonar-me, é impossível resistir a tanto charme, rsrsrs.
Isso de seres antipático, rsrsrs, deve fazer parte duma postura de charme, ahahah.
Com gelo ou sem gelo és tu e mais nada.
Beijocas e bom fim-de-semana.

Ana disse...

Deixa lá...eu também tenho essa fama, e estou me pouco borrifando para o que as pessoas dizem, que interessa sabe como é que eu sei e isso é que importa! ;)

Miss Kin disse...

Acho que da forma como te descreveste e o "cubo de gelo" vai um longo caminho...
Eu que sou apologista do social e que gosto por demais de conhecer e estar com pessoas, também não faço fretes por ninguém, dizem que é mau feitio, para mim é o facto de não dever nada a ninguém, que me dá o direito de escolher com sociabilizo.

Jacinta Correia disse...

De facto uma pessoa pouco sociável não deve ser confundida com uma pessoa insensível... Bj

Fevera disse...

Olá!

Cubo de gelo!!Tu!!?

Não creio.

Parabéns pelo blog e força.

Bj

Moura ao Luar disse...

No que descreves também sou assim, cada um é como é, qual é a pancada de andar sempre a parametrizar o pessoal??