FODA MAL DADA

(texto gentilmente enviado pela pela Susana, mas escrito pela Filipa - **só para que conste o e-mail tinha como assunto: só por ser para ti - pega!)

FODA MAL DADA

O jeitoso fez a proposta e eu lá sou gaja de dar tampa a gajos charmosos. Aqui fica, então, o meu contributo neste blog tão ao meu gosto.
Para mim, uma grandessíssima foda mal dada, é, nada mais, nada menos, quando me perguntam porque não me caso, ou não me junto, ou não emancebo (escolham) com um gajo. Não há foda mais mal dada que esta!! Foda-se, qual é o problema de foder sem apensos nem ónus, sem fretes, sem obrigação e com tesão?
Há uns tempos, vivi com um gajo. A coisa bateu-me de tal maneira que, durante 15 dias não vi nada nem ninguém. A foda era boa, minetava como ninguém, mas a ideia de nunca mais conhecer caralho alheio, aliado ao facto de prezar mais a minha liberdade do que uma língua trabalhadeira e expedita, dava-me ataques de ansiedade. Mandei-o pôr-se nas putas sem saber o que senti (sinto) por ele. Não quero homens na minha vida, sem ser pelo tempo estritamente necessário (para isso, muito contribui a duração e qualidade do chavascal).
Nem toda a gente tem poder de encaixe para o entender, mas no final, o que importa é que depois de foder, posso preguiçar à vontade na minha cama xxl e não tenho que estar com merdas românticas, quando,na verdade, o que me apetece é ir ver tv ou fumar um cigarro. O que importa é que quando já não me servem, posso arranjar substituto sem sentir culpa, foder com quem quiser sem ter que me justificar, não ser escrava de sentimentos, obrigações, leis e consciências.

O que importa, no final de contas, é foder, e bem. Ou não sabem que, até isso, o casamento estraga?

Um abraço, Filipa.

3 comentários:

Sanxeri disse...

Essa Filipe é um bocado esquisita. Quer-me cá parecer que a senhora tem aversão a relacionamentos (estou a dar uma de psicóloga).

Que eu saiba uma relação ou um casamento não estraga as boas fodas.

Mas a verdade é que eu não percebo nada disso. Vou-me pirar. :P

nina misteriosa disse...

Cada um é ke sabe de si mesmo!
E se não andas a magoar ninguem, não percebo bem kual é o mal...
Mas não tenhas tanta advercidade aos relacionamentos e compromissos amorosos, por vezes é bom ter alguém para nos apoiar...
Beijos!

birapcbira disse...

valeu cara legal!