Um orgasmo. Duas quecas!

A sedução é uma arte de fino recorte e tradições seculares. Eu sou um artesão da arte, sempre que posso. Faz-me sentir bem seduzir, atrair, descobrir novos corpos, novos odores, novas formas de partilhar o sexo. Foi isso que fiz durante tempos com Ela (não sabia como a haveria de tratar aqui no blog, pelo que o nome Ela, significa mesmo isso, é ELA). Ela sabe muito bem como se deixar seduzir, como quando e onde nos podemos partilhar. As suas palavras, bem sabe conjugar na hora certa o que deve e o que não deve. Resumidamente, soube deixar-me em ponto de "toma lá morangos". Foi uma coisa muito discreto a nossa ida aquele motel à saída da cidade. Ninguém nos viu, ninguém nos podia ver, afinal de contas, ambos tínhamos coisas a esconder! Chegamos e subimos uma pequena escada. Enquanto subia eu pensava em como Ela era boa conversadora, no quanto as suas palavras me tinham excitado e no quão bom iria ser fodê-la! Tinha a certeza que ia adorar. Mas não estava certo de a poder agradar.
Preocupei-me em ligar a TV num daqueles canais pornográficos para ajudar a criar o ambiente:

- Vieste cá para ver televisão? - perguntou Ela

- Não, acho que não!

Foi aí então que demos uma beijo. Dois beijos. Muitos beijos. Ela ia-me devagarinho empurrando para a cama. Lá chegados o marmelanço continuou, e eu estava num estado de tesão que bem, não tem simplesmente explicação! Despimo-nos e espalhamos a roupa por aquele quarto cumplíce, que a tantas cenas assiste por dia. Nisto foi tão simples como sentir a sua apertada a quente ratinha a escorregar lentamente pelo meu pau abaixo. Uma sensação incrível fez extremecer os meus sentidos. Fechei os olhos e aproveitei o momento, enquanto ela não se fazia rogada e montava-me como uma amazona. Saboríamos os prazeres desta posição até ao limite. Passamos para a posição do missionário onde ela pode sentir o meu stick todinho até ao fundo. Ela gemia de prazer, o que me dava ainda mais tesão! Eis que se veio, e quase de seguida eu. Num acto friamente irreflectido virou-me as costas e fechou-se nos seus pensamentos. A mim coube-me respeitar a sua vontade, e até deu jeito porque assim fiquei entretido a ver o filme de pinanço que dava na TV.
No entretanto estava também a pensar que ao meu lado deitava-se uma das melhores fodas que já tinha dado em toda a minha puta vida. Encostei-me então a Ela, e tentei despertar-lhe os sentidos. Ela conseguiu desligar as suas ondas de pensamento, e num gesto de extrema sensualidade e tesão empurra-me contra a cama, dá-me mais um saboroso beijo e começa a descer lentamente para um fantástico oral. Estava a saber-me maravilhosamente bem ( e vocês sabem como eu adoro sexo oral, hummmm), até que ela resolveu interromper o trabalho linguístico-genital e saltar para cima do pau que já estava tão teso quanto uma barra de ferro! Montou, aproveitando-se do meu tesão e da vontade que eu tinha de a foder. Eu estava a gostar, parecia estar desligado do mundo. Enquanto me mantinha deitado, com Ela a trabalhar o meu sexo, observava o nosso comportamento instintivo e animal pelo espelho do tecto. Tudo parecia tão perfeito. Ela ficava tão bem montada. Nisto ela faz-me um pedido, ao qual acedo de imediato: fodê-la de quatro. Ela gemia do jeito que eu gosto e não demorou muito a vir-se, já eu, bem, eu não cheguei sequer a pensar vir-me, o que não significa que não tenha tirado prazer da situação.

Afinal, quem diz que sexo tem que acabar com um orgasmo masculino????

30 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Eheheh gostei sim sra!

    Ninguém diz isso, ideias pré-fabricadas, conceitos dogmáticos e afins, não entram na nossa vida ;)

    E pq n cntnuar a "orgasmizá-la" até tu mesmo lá chegareS? Tortura para ela? .. hmmm tão bom..

    Brigada pela passagem no meu ;) Obrigado pelo comment...

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Hummm..loucura!!!!
    E nao, o sexo n tem k acabar obrigatoriamente com o orgasmo masculino...e sabe tao bem qd n acaba..:P...

    ResponderEliminar
  4. Para muitos homens é o que singnifica!!! No entanto é bom saber que há excepções! ;)

    Seduzir é uma arte que também adoro... E já tenho os meus truques!! hehe

    ResponderEliminar
  5. MariaRita21/1/08 22:41

    Pode então dizer-se que o Charmoso é realidade e muito mais do que mostra por aqui... muito mais interessante ;)

    ResponderEliminar
  6. Ahhh! Claro que não!

    Prazer é dar e receber prazer, nem sempre o orgasmo é um fim...

    ResponderEliminar
  7. bombocaa: é tudo uma questão de começares a abrir o livro, ehehehe, e contares essas quecas que mandas!

    ResponderEliminar
  8. doce veneno: gostei da ideia de orgasmizá-la, lol, haja tempo e disponibilidade para tal

    ResponderEliminar
  9. onisa: o sexo sabe sempre bem, acabando, não acabando, ficando por começar....

    ResponderEliminar
  10. ana: eu até gostava que partilhasses esses truques aqui com a gente

    ResponderEliminar
  11. mariarita: sim o Charmoso é realidade, mas não vive sem o verdadeiro eu. E sim, pode-se considerar que o Charmoso de carne e osso acaba por ser bem mais interessante!

    ResponderEliminar
  12. loulou: tens razão, o orgasmo é apenas uma etapa! Mas das melhores que o sexo tem, lololol

    ResponderEliminar
  13. Charmoso.... o incorrigível!

    ResponderEliminar
  14. O sexo não tem de acabar no orgasmo, nem masculino nem feminino...sexo consiste na busca do prazer e não com o objectivo primordial de alcançar o orgasmo...o que importa é o prazer que se tem em todo o caminho, se o orgasmo surgir bem melhor se não não significa que tenha sido mau ou menos prazeroso...orgasmo é apenas um momento que não tem de acontecer sempre...o pior é se nunca acontece...

    ResponderEliminar
  15. Concordo em absoluto com este caso em concreto. Mas não nos esqueçamos que já tinhas tido um orgasmo antes. Mas também eu defendo e já relatei casos semelhantes acontecidos comigo onde o orgasmo não foi o mais importante.

    Bom blog

    ResponderEliminar
  16. Só por isso ganhas pontos com as meninas...:)

    É verdade, não tem que acabar em orgasmos, mas também é optimo quando acaba. Como disseram aí pa cima, já tinha tido um e não teres o segundo é toleravél :)

    ResponderEliminar
  17. sim senhor...noites dessas são fantasticas...bom fim de semana..
    beijoca!

    ResponderEliminar
  18. Ninguém disse isso! Nunca ouvi essa regra!

    ResponderEliminar
  19. Um orgasmo, duas quecas?
    Talvez para ti seja suficiente, charmoso, mas a rapariga bem merecia maior multiplicidade.

    ResponderEliminar
  20. Vânia, vá lá, alguma correcção devo ter

    ResponderEliminar
  21. Rosa Vermelha, minha cara, se nunca se chega lá então é preciso descobrir as causas. Penso que um casal que viva a liberdade sexual descomplexadamente não tem dificuldade em ter orgasmos.

    bjs com charme

    ResponderEliminar
  22. almasgemeas, o orgasmo tem uma importância relativa quando outros valores se levantam, lol

    bjs com charme

    ResponderEliminar
  23. Silvia, ñão podemos pensar que se torna tolerável só pk ja tinha-me vindo uma vez. Então a rapariga tambem não merecia outro??? humm, e quanto aos pontos, bem, depois quero saber pk é k posso trocar esses pontos, lol

    bjs com charme

    ResponderEliminar
  24. catworld: não é preciso ser noite, lol, se for tarde ou manhã também serve.

    bjs com charme

    ResponderEliminar
  25. dualidades: não é uma regra, é um mito.

    ResponderEliminar
  26. parvinha da silva: haja tempo e disponibilidade para tal.

    ResponderEliminar
  27. A teoria chinesa é de que qd se temo orgasmo (masculino) tudo acaba, logo não é bom,,,, bom será prolongar, no limite do orgasmo, o acto sexual em si, para que se prepetue pelo máximo tempo possivel!!!! HCL

    ResponderEliminar
  28. Não tem, obrigatoriamente, que terminar num orgasmo, mas é melhor que não acabe com uma explosão dos "tomates" eheheh .

    ResponderEliminar
  29. Anónimo3/2/08 12:06

    Olá Charmoso
    realmente ao ler o excerto, verifico que existe em primeiro de tudo compreensão de parte para parte,acho, até porque nesse tipo de relação geralmente o homem quer se impor, obrigar, e do que li não verifico isso, o que é muito bom, até porque numa relação seja ela qual fôr ambos devem fazer só e apenas o que desejam, humm...é tão bom..... nem para todo o homem o acabar sem orgasmo é sinal de virilidade mas sim de impotência, aqui vejo um "HOMEM" .
    Só mais uma coisa, não houveram as palavras quentes, sensuais extremamente necessárias no meio deste clima quente? ou foram eliminadas? tudo o resto está uma loucura.....claro que haveria muito mais...mas para a proxima...

    ResponderEliminar
  30. Epah não pode ser...Ler estas coisas agora faz mal à saúde e eu sou uma senhora muito doente.

    Também tenho um post "Ele"...ehehehe.

    By the way, bom som...é do meu tempo.

    ResponderEliminar

Venha-se por cá!!!