Nobody does it better!

Eram oito da noite e estava eu já quase quase à porta de casa. Já só pensava em tomar um banho altamente relaxante, ir dar uma volta com a Mulher, chegar a casa foder até não poder mais, e adormecer até sabe-se lá quando! Toca o telefone e eu a pensar "mais um filho da puta de um chato a foder-me a cabeça"... quando pego no telemóvel vejo que era a Médica. Muito bem disposta convida-me para uma noitada a dois, no Motel do costume. Que podia eu dizer??? Ao princípio ainda me comecei a esquivar e a inventar mil e uma desculpas, mas ela foi persuasiva e eu tive de ceder. Liguei à Mulher a avisar que ia demorar, e lá fui eu ter com ela. Encontramo-nos pouco antes do Motel. Seguimos juntos, enquanto eu lhe dava lições de moral sobre como um homem deve estar com a sua família e não com as suas amantes (nem parecia eu a falar). De repente ela interrompe a conversa levando as suas mãos ao meu pau. Como uma louca saca o bicho para fora e começa a mamar-lhe. Estavamos juntos à entrada do Motel, eu estava a conduzir e confesso fiquei tão surpreendido que não sabia o que fazer!

- Que se foda... (pensei eu)

Pedi a chave do quarto na recepção do Motel (para quem não sabe entra-se de carro e estamos lado a lado com a cabine), estava cheio de tesão mas ao mesmo tempo envergonhado. A gaja da recepção não deu um comentário sobre o assunto. Segui com o carro até à garagem sem falarmos. Paro o carro e peço-lhe para irmos continuar! Ela acena que sim, saímos fora do carro e diz:

- Fode-me aqui cabrão... (you dirty bitch)

Nem pensei mais, e mandamos uma valente foda em que ela estava pousada sobre o capôt da viatura e eu penetrava-a o mais fundo que podia. Viemo-nos num orgasmo quase simultâneo. Foi simplesmente colossal!
Subimos e pedimos jantar. As refeições nos Moteis são sempre uma valente merda, mas ontem soube diferente. Mal acabamos a refeição e fomos pôr à prova as leis da medicina, com uma valente queca sub-aquática na banheira de hidromassagem. Depois de um dia de trabalho, da vergonha ao passar na recepção e depois de me ter já vindo duas vezes em tão curto tempo, pensei que não ia ter mais pedal. Mas enganei-me, porque a gaja estava endiabrada. Já nos preparávamos para vir embora, e ela veio, encostou-se a mim, de pé, e começou a descer. O fecho das calças ainda estava por fechar, pelo que ela pegou no pêndulo e abocanhou-o. Custou a crescer, mas quando lhe encheu a boca, contínuamos a sessão com uma grande "rapidinha", saborosa e descomunal. Vim-me na boca dela. Ficamos depois mais uma meia hora a acarinhar-nos. Aproveitamos para conhecer mais um do outro, para além da parte física que já sabemos tudo um do outro de cor e salteado.
Ah, e quanto a reclamações que houve devido ao facto de eu não beijar quando a mulher recebe o meu esperma na sua boca, humm... lol ... o esperma não sabe assim tão mal quanto eu pensava!

Bom fim de semana para tolos...ops... para todos queria eu dizer!

9 comentários:

  1. Anónimo9/6/07 11:55

    Interessante ;)


    ok, n ha problema!

    crazyyy

    ResponderEliminar
  2. Anónimo9/6/07 12:08

    tu realmente é sempre a dar-lhe!
    isso é que é tesão até dizer chega!

    ainda te vou comer, e Bem!!!!



    RS*

    ResponderEliminar
  3. Anónimo9/6/07 12:12

    Parece-me que aqui o "nobody does it better" se aplica à médica, e tens de dar o braço a torcer... Ela esteve acima de ti... hehehehe

    ResponderEliminar
  4. Anónimo9/6/07 12:21

    pois, eu realmente gosto mais de estar em baixo ;)

    ResponderEliminar
  5. Anónimo9/6/07 12:55

    Para que não haja confusão, o penúltimo comentário não foi feito pela própria médica (sou médica, mas não de pessoas...), nem me queria passar por ela... não assinei porque me esqueci... Sorry pela possível confusão

    Amazona

    ResponderEliminar
  6. Foda é deixar a mulher (de casa) na mão! Voces gajos são FODA!

    beijos

    ResponderEliminar
  7. em-brasa@hotmail.com9/6/07 23:56

    Antes de mais , boa noite . Tomei conhecimento do teu Blog ao ler o da maria , atuaamiga , sem sequer me preocupar se o que escreves é mesmo assim ou não , gosto da forma descontraida e bem disposta como escreves. Continua assim e teras em mim mais um leitor atento.

    ResponderEliminar
  8. Anna Beatriz11/6/07 18:38

    Charmoso,

    Cada vez me deixas mais água, ups, leite na boca. :-)

    Bejinhos,

    Anna Beatriz

    ResponderEliminar
  9. E eu na minha santa inocência achava que só os garotos de 20 é que eram cara de pau....rsrsrsrsrsrsrsrsrs

    ResponderEliminar

Venha-se por cá!!!